Páginas

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Em março especias Libertadores por década

No próximo mês de março o blog Futebol da América do Sul irá publicar o Especial Libertadores por década. Cada semana uma década diferente onde falarei um pouco dos campeões e dos participantes da competição. Pra efeito de organização começarei a década sempre do ano zero e terminarei no ano 9,por exemplo a década de 60 começarei de 1960 a 1969,a década de 70 de 1970 a 1979 e assim por diante e não do modo correto que começaria do ano um ao ano zero (decada de 60 por exemplo de 1961 a 1970).Segue o calendário dos especiais:

1 de março década de 60
Peñarol tricampeão,o Santos de Pelé, Nacional tri-vice,Palmeiras bi-vice, três argentinos diferentes campeões,ausencia de brasileiros por conta do regulamento etc

8 de março década de 70
A década argentina, com dez finais disputadas em dez torneios,Boca Jr bi,o Estudiantes tri, Independiente tetra, futebol brasileiro campeão depois de 13 anos com o Cruzeiro, a primeira vez do Paraguai, vice de clubes chilenos,peruanos e colombianos etc

15 de março década de 80
Futebol uruguaio: do campeão da década ao começo do jejum, Flamengo e Gremio campeões pelo Brasil,o bi-vice do Cobreloa,o tri-vice do América de Cali, o sétimo titulo do Independiente,River Plate e Argentinos Jr campeões, Colombia campeã com o Nacional de Medellin, primeira final sem clubes do Brasil, Argentina e Uruguai etc

22 de março década de 90
A década do Brasil com seis títulos em sete finais disputadas, com os bicampeonatos de São Paulo, Gremio e Cruzeiro, Palmeiras campeão depois de dois vices, Vasco campeão no ano do centenário,River Plate e Velez Sarsfield campeões pela Argentina, primeira vez do Chile com o Colo Colo, Barcelona do Equador bi-vice, colombianos perdendo três finais etc

29 de março década de 2000 até os dias atuais
A década de um clube só: Boca Jr,campeão em 2000,2001,2003 e 2007 além de dois vices, primeira final entre clubes do mesmo país, Estudiantes tetra,Santos e São Paulo tri,Olimpia tri no ano do centenário, Internacional bi, clubes mexicnos em finais, LDU e Once Caldas campeões inusitados, uruguai volta a uma final 21 anos depois,Corinthians campeão invicto etc

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Clássicos Sul-Americanos: Colo Colo x Universidad Catolica






    COLO COLO X UNIVERSIDAD CATOLICA




O principal clássico chileno

O futebol chileno tem três grandes clássicos, todos envolvendo os maiores clubes da capital Santiago. São eles Colo Colo x Universidad de Chile, que é o confronto entre os clubes mais populares do país; Universidad de Chile e Universidad Católica que é o mais tradicional,chamado de Clasico Academico e por fim Colo Colo x Universidad Católica,que é o mais importante do país e que vamos abordar aqui.

a capital

Santiago é a capital e a maior cidade chilena. Fundado pelo conquistador espanhol Pedro de Valdivia em 12 de fevereiro de 1541 com o nome de Santiago de Nueva Extremadura em homenagem ao apóstolo Santiago, patrono da Espanha a cidade tem hoje mais de cinco milhões de habitantes o que a põe entre as maiores cidades da América do Sul. Além dos três grandes chilenos abordados aqui a cidade também é sede de outros clubes,como por exemplo o Union Española, o Palestino e o Audax.

a origem dos clubes

Fundado em 19 de Abril de 1925 o Club Social y Deportivo Colo Colo tem como cores o preto e branco adotados desde sua fundação. Seu nome é uma homenagem a um destemido cacique dos indios Araucanos que dominavam o território chileno no século XV. Colo Colo quer dizer Rato dos Montes,animal símbolo da mitologia indígena.
Em 1933, foi um dos oito clubes fundadores da Liga Profesional de Football de Santiago, antecedente da Prima División de Chile. Desde então os Albos tem sido o único time que disputou todos os campeonatos oficiais.
Um grupo de estudantes da Pontificia Universidad Catolica de Santiago resolveram criar um time. Era fundado o Club Deportivo Universidad Catolica no dia 21 de Abril de 1937. No ano seguinte o clube apelidado de Cruzados devido a cruz de seu distintivo era inscrito na segunda divisão chilena onde ficaria por alguns anos antes de subir.

os primeiros confrontos

A história dos confrontos entre Colo-Colo e Universidad Católica remonta ao Campeonato de Apertura de 1938. A Universidad Católica buscava sua aceitação no escalão mais alto do Campeonato Chileno de Futebol e, para tal, devia eliminar o Colo-Colo na primeira fase do torneio que abria a temporada. O resultado da partida foi de 6 a 2 para o quadro albo, devendo a UC esperar até o ano seguinte para ascender à primeira divisão do futebol chileno.
O primeiro clássico Albo-Cruzado válido por campeonatos nacionais foi disputado no dia 20 de maio de 1939, no antigo Estádio dos Carabineiros. Nessa tarde, os albos ganharam por 3 a 2. A primeira vitória da Universidade Católica ocorreu no quinto duelo do clássico. A partida foi jogada no dia 23 de junho de 1940, no Estádio Nacional, em Ñuñoa, e curiosamente terminou com o placar de 3 a 2.

finais e jogos decisivos

No total, os dois clubes disputaram três finais do campeonato nacional, nas quais decidiram o torneio de forma direta. A primeira delas foi a do Torneo de Apertura de 1997. Depois de terminarem empatados com 37 pontos tiveram de jogar um playoff em ida e volta para determinar o campeão daquele torneio. Os cruzados souberam suportar a pressão do Cacique depois da derrota na ida (1-0), no Estádio Monumental, e ganhar a partida de volta por 3 a 0, em Ñuñoa.
A segunda final disputada pelos dois clubes foi em 2002, no Torneo de Clausura daquele ano. Na primeira partida o Colo-Colo se impôs, em seu campo, por 2 a 0, deixando a equipe cruzada com a obrigação de ganhar pela diferença de dois gols na volta, no Estádio Nacional. Ainda assim, os albos venceram novamente por 3 a 2.
A final mais recente foi a do Torneo de Clausura do ano de 2009. Na partida de ida, jogada em Macul, Colo-Colo e Católica empataram em dois gols em um vibrante duelo. Na volta, jogada no Estádio Santa Laura, onde a Universidad Católica era mandante naquela final, os albos se impuseram aos cruzados, ganhando por 4 a 2 e logrando conquistar seu 29º campeonato nacional.
A primeira vez que a Universidad Católica conseguiu superar o Colo-Colo numa chave de playoffs de campeonato nacional, sob o novo formato utilizado desde o ano de 2002, foi nas quartas de final do Torneo de Apertura do ano de 2011, eliminando-o com um triunfo por 4 a 2 em Macul, e um empate em 1 gol em Ñuñoa. Nos cinco confrontos anteriores o Cacique havia eliminado a UC, com destaque para duas finais de campeonato, em 2002 e 2009.
Em 16 de outubro de 2011, pela fase regular do Torneo de Clausura, foi jogado o clássico pela terceira vez em sua história no Estádio San Carlos de Apoquindo, de propriedade da UC, com presença muito reduzida de torcedores colo-colinos (por questões de segurança). Em campo, a UC goleou por 4 a 0 o rival, o que se configurou a maior vitória cruzada sobre os albos no histórico de partidas oficiais. A maior goleada do clássico segue sendo um 7 a 1 que o Colo-Colo impôs à UC em 1943.

Libertadores

No dia 4 de março de 1967 aconteceu o primeiro confronto pela Copa Libertadores. O resultado favoreceu a UC pelo placar de 5 a 2. Depois, seguiram-se outros 15 confrontos-sendo o mais importante deles válido pelas quartas de final de 1997 quando o Colo Colo seguiu adiante-o que faz do clássico entre albos e cruzados, o embate mais tradicional entre clubes chilenos em competições internacionais. O Colo Colo venceu uma Libertadores em 1991 tornando o primeiro e único clube do Chile a conseguir tal feito,enquanto que a UC foi vice em 1993. O Colo Colo participou de 29 edições contra 24 dos Cruzados, os dois unicos chilenos a participar por mais de vinte vezes dessa competição.


estatísticas do clássico
Até o momento foram jogados 218 clássicos somados todos os torneios,com larga vantagem do Colo Colo (94 vitórias contra 63 da UC e 61 empates). Somente pelo Campeonato Chileno foram 163 partidas também com vantagem dos Albos (73 a 46 com 44 empates).Vantagem também em confrontos pela Libertadores ( 6 vitórias em 15 jogos). O confronto foi jogado 103 vezes no Estádio Nacional, local onde mais se enfrentaram. Maior artilheiro do clássico é Valdez, do Colo Colo com 17 gols marcados enquanto que pela UC Mirosevic fez 10 gols. Livingstone, da UC é o que mais jogou o clássico com 32 partidas e pelo lado dos Albos Misael Escuti é o recordista aparecendo com duas partidas a menos. Quarenta jogadores e quatro técnicos estiveram nos dois lados.

os números do confronto

jogos 218
vitórias do Colo Colo 94
vitórias da UC 63
empates 61
gols do Colo Colo 395
gols da UC 312

títulos do Colo Colo
Copa Libertadores 1991
Recopa Sul-Americana 1992
Copa Interamericana 1992
Campeonato Chileno 1937,1939,1941,1944,1947,1953,1956,1960,1963,1970,1972,1979,1981,1983,1986,1989,1990,1991,1993,1997 (Clausura),1998,2002 (Clausura),2006 (Apertura),2006 (Clausura),2007 (Clausura),2008 (Clausura) e 2009 (Clausura)

títulos da Universidad Católica
Copa Interamericana 1993
Campeonato Chileno 1949,1954,1961,1966,1984,1987,1997 (Apertura),2002 (Clausura),2005 (Clausura), 2010 e 2011

mata-mata entre clubes brasileiros e argentinos em Libertadores

Semana passada postei todos os confrontos entre clubes brasileiros e argentinos válidos por fase de grupos da Libertadores,conforme prometido hoje postarei os confrontos valendo por mata-mata. Lembrando que o clube vencedor aparece primeiro junto com os resultados e a fase em que se enfrentaram:

1960 San Lorenzo x Bahia  3x0 e 2x3 primeira fase
1961 Palmeiras x Independiente 2x0 e 1x0 primeira fase
1963 Santos x Boca Jr 3x2 e 2x1 final
1964 Independiente x Santos 3x2 e 2x1 semifinais
1968 Estudiantes x Palmeiras 2x1,1x3 e 2x0 final
1974 Independiente x São Paulo 1x2,2x0 e 1x0 final
1976 Cruzeiro x River Plate 4x1,1x2 e 3x2 final
1977 Boca Jr x Cruzeiro 1x0,0x1 e 0x0 (5x4 penaltis) final
1984 Independiente x Gremio 1x0 e 0x0 final
1988 San Lorenzo x Guarani 1x1 e 1x0 oitavas
1991 Boca Jr x Corinthians 3x1 e 1x1 oitavas
         Boca Jr x Flamengo 1x2 e 3x0 quartas
1992 São Paulo x Newell's Old Boys 0x1 e 1x0 (3x2 penaltis) final
1993 São Paulo x Newell's Old Boys 0x2 e 4x0 oitavas
1994 Velez Sarsfield x São Paulo 1x0 e 0x1( 5x3 penaltis) final
1998 Vasco x River Plate 1x0 e 1x1 semifinais
1999 Palmeiras x River Plate 0x1 e 3x0 semifinais
2000 Corinthians x Rosário Central 2x3 e 3x2(4x3 penaltis) oitavas
         Boca Jr x Palmeiras 2x2 e 0x0 (4x2 penaltis)
2001 Boca Jr x Vasco 1x0 e 3x0 oitavas
         Boca Jr x Palmeiras 2x2 e 2x2 (3x2 penaltis)
2002 Grêmio x River Plate 2x1 e 4x0 oitavas
2003 Boca Jr x Paysandu 0x1 e 4x2 oitavas
         River Plate x Corinthians 2x1 e 2x1 oitavas
         Boca Jr x Santos 2x0 e 3x1 final
2004 São Paulo x Rosário Central 0x1 e 2x1(5x4 penaltis)
         Boca Jr x São Caetano 0x0 e 1x1 (4x3 penaltis)
2005 São Paulo x River Plate 2x0 e 3x2 semifinais
2006 Estudiantes x Goiás 2x0 e 1x3 oitavas
         River Plate x Corinthians 3x2 e 3x1 oitavas
         São Paulo x Estudiantes 0x1 e 1x0 (4x3 penaltis) quartas
2007 Boca Jr x Grêmio 3x0 e 2x0 final
2008 Boca Jr x Cruzeiro 2x1 e 2x1 oitavas
         Fluminense x Boca Jr 2x2 e 3x1 semifinais
2009 Estudiantes x Cruzeiro 0x0 e 2x1 final
2010 Internacional x Banfield 1x3 e 2x0 oitavas
         Internacional x Estudiantes 1x0 e 1x2 quartas
2012 Vasco x Lanús 2x1 e 1x2 (5x4 penaltis) oitavas
         Boca Jr x Fluminense 1x0 e 1x1 quartas
         Santos x Velez Sarsfield 1x0 e 0x1 (4x2 penaltis) quartas
         Corinthians x Boca Jr 1x1 e 2x0 final

Semana que vem posto curiosidades,estatisticas e números desses confrontos (quem mais jogou,quem mais venceu,os fregueses etc)

Libertadores 2013 - Resultados da semana e próximos jogos


Vamos aos resultados e em destaque o jogo da semana

19/02 terça-feira
Grupo 1 Toluca (MEX) 2 x 3 Nacional (URU)
Grupo 4 Peñarol (URU) 1 x 0 Emelec (EQU)
Grupo 5 Millonarios (COL) 0 x 1 Tijuana (MEX)
Grupo 7 Olimpia (PAR) 3 x 0 Universidad Chile (CHI)

20/02 quarta-feira
Grupo 4 Velez Sarsfield (ARG) 3 x 0 Dep. Iquique (CHI)
Grupo 5 San Jose (BOL) 1 x 1 Corinthians
Grupo 8 Huachipato (CHI) 1 x 3 Caracas (VEN)
Grupo 8 Fluminense 0 x 3 Gremio

21/02 quinta-feira
Grupo 2 Tigre (ARG) 0 x 2 Libertad (PAR)
Grupo 6 Cerro Porteño (PAR) 0 x 1 Real Garcilaso (PER)
Grupo 6 Santa Fé (COL) 1 x 1Tolima (COL)
Grupo 7 Dep.Lara (VEN) 2 x 1 Newell's Old Boys (ARG)

próximos jogos

26/02 terça-feira
Grupo 3 Arsenal (ARG) x Atlético Mineiro
Grupo 4 Peñarol (URU) x Velez Sarsfield (ARG)
Grupo 5 Tijuana (MEX) x San Jose (BOL)
Grupo 6 Tolima (COL) x Real Garcilaso (PER)

27/02 quarta-feira
Grupo 1 Barcelona (EQU) x Boca Jr (ARG)
Grupo 4 Dep. Iquique (CHI) x Emelec (EQU)
Grupo 5 Corinthians x Millonarios (COL)
Grupo 8 Huachipato (CHI) x Fluminense

28/02 quinta-feira
Grupo 2 Sporting Cristal (PER) x Tigre (ARG)
Grupo 2 Palmeiras x Libertad (PAR)
Grupo 3 São Paulo x The Strongest (BOL)

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Brasil x Argentina em Libertadores

Nesse ano teremos alguns confrontos já definidos entre brasileiros e argentinos na fase de grupos; no Grupo 2 teremos o Palmeiras enfrentando o Tigre,enquanto que no Grupo 3 tanto São Paulo quanto o Atlético Mineiro enfrentarão o Arsenal. No mínimo serão mais seis jogos envolvendo os dois países. Por isso hoje posto um pouco dessa rivalidade,uma das maiores do mundo.
Clubes brasileiros e argentinos já se enfrentaram 64 vezes valendo por fase de grupos. E a vantagem é brasileira com 30 vitórias contra 22 dos argentinos e ainda empataram por 12 vezes. Foram 101 gols brasileiros e 76 argentinos. Em confrontos eliminatórios (mata-mata) os brasileiros estão em desvantagem. Em 41 disputas eliminatórias os brasileiros saíram classificados por 18 vezes enquanto que clubes da Argentina nos eliminaram em 23 oportunidades. Os brasileiros ficam atrás ainda em gols marcados ( 104 contra 113) e em finais (9 vitórias argentinas em finais contra apenas quatro do Brasil). Desses 41 confrontos eliminatórios 10 foram decididos nos penaltis e a vantagem é brasileira com seis vitórias contra cinco eliminações por clubes argentinos. A lista é longa,mas aqui estão todos os confrontos da fase de grupos. Semana que vem posto os confrontos valendo por mata-mata.

1972 São Paulo x Independiente ( 1x0 e 0x2)
1975 Cruzeiro x Rosário Central ( 2x0 e 1x3)
         Cruzeiro x Independiente (2x0 e 0x2)
1978 Atlético Mineiro x Boca Jr ( 1x2 e 1x3)
         Atlético Mineiro x River Plate (0x1 e 1x0)
1980 Internacional x Velez Sarsfield (1x0 e 3x1)
1982 Flamengo x River Plate (3x0 e 4x2)
1983 Grêmio x Estudiantes (2x1 e 3x3)
1985 Fluminense x Argentinos Jr (0x1 e 0x1)
         Vasco x Ferrocarril Oeste (0x2 e 0x2)
         Fluminense x Ferrocarril Oeste (0x1 e 0x0)
         Vasco x Argentinos Jr (1x2 e 2x2)
1994 Palmeiras x Boca Jr ( 6x1 e 1x2)
         Cruzeiro x Velez Sarsfield (1x1 e 0x2)
         Palmeiras x Velez Sarsfield ( 0x1 e 4x1)
         Cruzeiro x Boca Jr (2x1 e 2x1)
2004 Coritiba x Rosário Central (0x2 e 2x0)
2005 São Paulo x Quilmes (2x2 e 3x1)
2006 Palmeiras x Rosário Central (0x0 e 2x2)
         Goiás x Newell's Old Boys (3x0 e 0x0)
         Paulista x River Plate (1x4 e 2x1)
2007 Santos x Gimnasia y Esgrima (3x0 e 2x1)
         Internacional x Velez Sarsfield (0x3 e 0x0)
2008 Cruzeiro x San Lorenzo (0x0 e 3x1)
         Fluminense x Arsenal (6x0 e 0x2)
2009 Cruzeiro x Estudiantes (3x0 e 0x4)
2010 Cruzeiro x Velez Sarsfield (3x0 e 0x2)
2011 Fluminense x Argentinos Jr ( 2x2 e 4x2)
         Cruzeiro x Estudiantes (5x0 e 3x0)
2012 Flamengo x Lanús (3x0 e 1x1)
         Fluminense x Arsenal (1x0 e 2x1)
         Fluminense x Boca Jr (2x1 e 0x2)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

histórico dos clubes brasileiros da Libertadores 2013

Corinthians
10 participações ( campeão em 12,semifinal em 00,quartas em 96 e 99,oitavas em 91,03,06 e 10,primeira fase em 77,pré-libertadores em 11)
86 jogos (46 vitórias,19 empates e 21 derrotas, 134 gols marcados e 90 gols sofridos)
mais jogou  Marcelinho Carioca (31 jogos)
maior artilheiro Luisão (15 gols)

Palmeiras
14 participações ( campeão em 99,vice em 61,68 e 00, semifinal em 71 e 01,quartas em 95 e 09,oitavas em 94,05 e 06, primeira fase em 73,74 e 79)
140 jogos (73 vitórias,27 empates e 40 derrotas,255 gols marcados e 164 gols sofridos)
mais jogou Marcos (57 jogos)
maior artilheiro Alex (12 gols)

Fluminense
5 participações (vice em 08,quartas em 12,oitavas em 11,primeira fase em 71 e 85)
44 jogos ( 22 vitórias,9 empates e 13 derrotas,70 gols marcados e 49 gols sofridos)
mais jogos Conca e Tiago Neves (22 jogos)
maior artilheiro Tiago Neves (7 gols)

Atlético Mineiro
4 participações (semifinal em 78,quartas em 00,primeira fase em 72 e 81)
33 jogos (11 vitórias,11 empates e 11derrotas,45 gols marcados e 38 gols sofridos)
mais jogos João Leite (17 jogos)
maior artilheiro Guilherme ( 9 gols)

Grêmio
13 participações ( campeão em 83 e 95, vice em 84 e 07,semifinal em 96,02 e 09,quartas em 97,98e 03, oitavas em 11,primeira fase em 82 e 90)
129 jogos (65 vitórias,28 empates e 36 derrotas,199 gols marcados e 126 gols sofridos)
mais jogou Danrlei ( 49 jogos)
maior artilheiro Jardel ( 16 gols)

São Paulo
15 participações (campeão em 92,93 e 05, vice em 74,94 e 06,semifinal em 72,04 e 10,quartas em 08 e 09,oitavas em 07, primeira fase em 78,82 e 87)
149 jogos (77 vitórias,37 empates e 35 derrotas,230 gols marcados e 133 sofridos)
mais jogou Rogério Ceni (72 jogos)
maior artilheiro Rogério Ceni (11 gols)

Libertadores 2013 - Resultados da semana e próximos jogos



Tivemos nessa semana o início da fase de grupos da Copa Libertadores 2013,com destaque para o confronto entre os brasileiros Atlético Mineiro e São Paulo.Toda semana postarei os resultados dos jogos e os próximos da semana seguinte e em destaque o jogo da semana,aquele de maior interesse:

12/02 terça-feira
Grupo 1 Nacional (URU) 2 x 2 Barcelona (EQU)
Grupo 4 Emelec (EQU) 1 x 0 Velez Saresfield (ARG)
Grupo 7 Universidad Chile (CHI) 2 x 0 Deportivo Lara (VEN)

13/02 quarta-feira
Grupo 1 Boca Jr (ARG) 1 x 2 Toluca (MEX)
Grupo 3 Atlético Mineiro 2 x 1 São Paulo
Grupo 4 Dep.Iquique (CHI) 1 x 2 Peñarol (URU)
Grupo 6 Real Garcilaso (PER) 1 x 1 Santa Fé (COL)
Grupo 8 Caracas (VEN) 0 x 1 Fluminense

14/02 quinta-feira
Grupo 2 Palmeiras 2 x 1 Sporting Cristal (PER)
Grupo 3 The Strongest 2 x 1 Arsenal (ARG)
Grupo 6 Tolima (COL) 2 x 1 Cerro Porteño (PAR)
Grupo 7 Newell's Old Boys (ARG) 3 x 1 Olimpia (PAR)
Grupo 8 Grêmio 1 x 2 Huachipato (CHI)

próximos jogos

19/02 terça-feira
Grupo 1 Toluca (MEX) x Nacional (URU)
Grupo 4 Peñarol (URU) x Emelec (EQU)
Grupo 5 Millonarios (COL) x Tijuana (MEX)
Grupo 7 Olimpia (PAR) x Universidad Chile (CHI)

20/02 quarta-feira
Grupo 4 Velez Sarsfield (ARG) x Dep. Iquique (CHI)
Grupo 5 San Jose (BOL) x Corinthians
Grupo 8 Huachipato (CHI) x Caracas (VEN)
Grupo 8 Fluminense x Gremio

21/02 quinta-feira
Grupo 2 Tigre (ARG) x Libertad (PAR)
Grupo 6 Cerro Porteño (PAR) x Real Garcilaso (PER)
Grupo 6 Santa Fé (COL) x Tolima (COL)
Grupo 7 Dep.Lara (VEN) x Newell's Old Boys (ARG)

Colômbia campeã do Sul-Americano Sub-20

Dia 3 deste mês terminou o Campeonato Sul-Americano Sub-20 que foi disputado na Argentina. E a Colômbia foi campeã pela terceira vez ao derrotar o Paraguai na última rodada pelo placar de 2 a 1. Além das duas seleções classificaram para o Mundial Sub-20 da Turquia o Uruguai e o Chile.
O torneio ficou marcado pelas eliminações precoces ainda na primeira fase da Argentina,anfitriã do torneio e a Seleção Brasileira atual campeã mundial.Confira os resultados da última rodada e a clasificação final com os classificados em destaque:

Uruguai 1 x 0 Equador
Colombia 2 x 1 Paraguai
Chile 1 x 1 Peru

Colombia 12, Paraguai 10, Uruguai 9, Chile 7, Peru 5 e Equador 0

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Cidades campeãs da Libertadores

Com a conquista da Libertadores do ano passado o Corinthians quebrou vários tabus. Primeiro o dele mesmo de nunca ter sido campeão, depois de ser o primeiro campeão invicto desde 1978 e por fim o de deixar a cidade de São Paulo como a recordista em títulos entre os brasileiros com cinco conquistas deixando Porto Alegre (com quatro) pra trás e de clubes campeões (três, contra dois de Porto Alegre e Rio de Janeiro). Mas no geral quem lidera nos dois quesitos é a cidade de Buenos Aires com 10 títulos conquistados por qautro clubes diferentes. Confira todas as cidades que tiveram o sabor de receber a Copa Libertadores através de seus clubes:

10 títulos
Buenos Aires ARG ( Boca 6, River 2, Argentinos Jr e Velez Sarsfield 1)

8 títulos
Montevidéu URU ( Peñarol 5 e Nacional 3)
Avellaneda ARG (Independiente 7 e Racing 1)

5 títulos
São Paulo ( São Paulo 3, Palmeiras e Corinthians 1)

4 títulos
Porto Alegre (Gremio e Internacional 2)
La Plata ARG (Estudiantes 4)

3 títulos
Santos (Santos 3)
Assuncion PAR ( Olimpia 3)

2 títulos
Rio de Janeiro (Flamengo e Vasco 1)
Belo Horizonte (Cruzeiro 2)

1 título
Santiago CHI ( Colo Colo)
Medellin COL (Nacional )
Mañizales COL ( Once Caldas)
Quito EQU ( LDU)

Libertadores 2013 fase de grupos

No mapa abaixo estão todos os 38 clubes classificados para a disputa desse ano,lembrando que seis deles já disseram adeus na Pré-Libertadores: LDU (EQU), Bolívar (BOL),Dep. Anzoategui (VEN), León (MEX), Defensor (URU) e Universidad Cesar Vallejo (PER).

Com isso o Brasil terá novamente seis representantes na competição,a Argentina cinco. Já Paraguai,Chile e Colombia terão três clubes enquanto que Uruguai, Peru, Bolivia, México, Equador e Venezuela serão representados por apenas dois clubes. Vamos aos grupos:

Grupo 1 Barcelona, Boca Jr, Nacional e Toluca
Grupo 2 Libertad, Palmeiras, Sporting Cristal e Tigre
Grupo 3 Arsenal, Atlético, São Paulo e The Strongest
Grupo 4 Emelec, Iquique,Peñarol e Velez Sarsfield
Grupo 5 Corinthians, Millonarios, San Jose e Tijuana
Grupo 6 Cerro Porteño, Real Garcilaso, Santa Fé e Tolima
Grupo 7 Deportivo Lara, Newell's Old Boys, Olimpia e Universidad de Chile
Grupo 8 Caracas,Fluminense, Gremio e Huachipato

Números,estatísticas e curiosidades dos confrontos entre brasileiros em mata-mata da Libertadores

Se na quinzena passada postei todos os confrontos entre clubes brasileiros em fases eliminatórias da Libertadores, aqui postarei as estatísticas e curiosidades desses confrontos.

quem mais disputou mata-mata entre brasileiros
12 vezes
São Paulo ( 7 vitórias e 5 derrotas)

11 vezes
Palmeiras ( 6 vitórias e 5 derrotas)

9 vezes
Grêmio ( 6 vitórias e 3 derrotas)

7 vezes
Corinthians ( 3 vitórias e 4 derrotas)

6 vezes
Cruzeiro ( 3 vitórias e 3 derrotas)

4 vezes
Internacional ( 3 vitórias e 1 derrota)
Flamengo ( 2 vitórias e 2 derrotas)
Vasco ( 2 vitórias e 2 derrotas)
Santos ( 1 vitória e 3 derrotas)

3 vezes
Atlético Mineiro ( 1 vitória e 2 derrotas)
Atlético Paranaense (1 vitória e 2 derrotas)
Botafogo ( 1 vitória e 2 derrotas)

2 vezes
Fluminense (2 vitórias)

1 vez
São Caetano ( 1 derrota)
Sport (1 derrota)
Bahia (1 derrota)
Criciúma (1 derrota)

confrontos que mais se repetiram
3 vezes
São Paulo x Palmeiras ( 3 vitórias do São Paulo)

2 vezes
Palmeiras x Corinthians ( 2 vitórias do Palmeiras)
Internacional x São Paulo (2 vitórias do Inter)
Cruzeiro x Grêmio (2 vitórias do Cruzeiro)
São Paulo x Cruzeiro ( 1 vitória para cada lado)

curiosidades dos clubes
  • O São Paulo venceu todos os primeiros seis confrontos em mata-mata contra brasileiros. Depois que perdeu a primeira só venceu  uma das ultimas seis partidas. As suas ultimas cinco eliminações seguidas foram para clubes brasileiros.
  • Das seis vitórias do Palmeiras em mata-mata cinco foram consecutivas entre 1999 e 2001.Desde 1994 o clube enfrenta brasileiros nas fases eliminatórias.
  • O Grêmio foi o primeiro clube a eliminar dois brasileiros numa mesma competição em 1996, fato que se repetiu em 2007.
  • Quatro dos seis confrontos eliminatórios foram contra Grêmio e São Paulo e o Cruzeiro venceu as duas contra os gaúchos e venceu uma e perdeu outra para os paulistas.
  • Três vitórias e quatro derrotas do Corinthians em sete mata-mata contra clubes do Brasil. Seis deles o time teve o mando de jogo da segunda partida ou jogou em São Paulo.
  • Em duas ocasiões o Flamengo disputou mata-mata valendo como jogo-desempate,quando o time empatou em numero de pontos e não havia critérios de desempate como hoje(saldo de gols,gol fora de casa etc). Venceu uma e perdeu outra.
  • Internacional era até o ano passado uma das equipes com 100% nos confrontos contra clubes brasileiros. Os gaúchos venceram o Bahia em 1989 e o São Paulo por duas vezes,nos anos em que foi campeão (2006 e 2010). Com a derrota para o Fluminense os cariocas se tornaram a única equipe invicta contra brasileiros.Foram apenas dois confrontos (São Paulo em 2008 e o próprio Inter em 2012) e duas vitórias.
  • O Santos demorou 42 anos para voltar a enfrentar um clube do Brasil em mata-mata. Depois de ser o pioneiro em confrontos em 1963 o clube jogou novamente contra brasileiros em jogos eliminatórios apenas em 2005. Perdeu os três ultimos mata-mata que disputou (2005,2007 e 2012)
  • Três dos quatro confontos do Vasco da Gama contra brasileiros foram entre 1998 e 1999.
  • Atlético Mineiro, Atlético Paranaense e Botafogo jogaram três vezes e ambos venceram apenas uma vez.
  • Bahia, Criciúma, São Caetano e Sport perderam na única ocasião que ambos enfrentaram clubes do Brasil.
outras curiosidades
  • Até hoje foram seis disputas por penaltis entre clubes brasileiros e em cinco delas estava o Palmeiras. E  o clube paulista venceu todas: Corinthians por duas vezes em 1999 e 2000, São Caetano e Cruzeiro em 2001 e Sport em 2009. A única decisão sem o Palmeiras foi entre os Atléticos Mineiro e Paranaense em 2000 vencida pelos mineiros.
  • Nas três ocasiões que São Paulo e Palmeiras se enfrentaram foram válidos por oitavas de final (1994,2005 e 2006) e o tricolor saiu vitorioso em todas. Foram seis jogos e quatro vitórias do São Paulo e dois empates.
  • Entre clubes do mesmo Estado só tivemos confronto entre paulistas.
  • Jamais um gaúcho perdeu um mata-mata para um clube paulista .Foram seis confrontos e seis vitórias dos clubes do Rio Grande do Sul. O Internacional venceu as duas vezes que enfrentou um paulista ( o São Paulo). Já o Grêmio fez mais: eliminou todos os quatro grandes paulistas ( Palmeiras em 1995, Corinthians em 1996, São Paulo e Santos em 2007)
  • 1996 foi o primeiro ano que tivemos dois confrontos em mata-mata. Com o aumento no numero de participantes de clubes brasileiros e melhores campanhas os confrontos ficaram com mais chances de ocorrer. Em 1996,1998,1999,2001,2006 e 2007 foram dois confrontos. Já nos anos de 2000,2005, 2009 e em 2012 foram três vezes.
  • Nos últimos vinte anos só não houve jogos entre brasileiros valendo por mata-mata nos anos de 2002,2003,2004 e 2011.
  • Das equipes que se enfrentaram por mais de uma vez o São Paulo nunca foi eliminado pelo Palmeiras. Por sua vez o Verdão nunca caiu para o Corinthians, o Cruzeiro para o Grêmio e por fim o Internacional para o São Paulo.
  • Numa mesma competição quem enfrentou brasileiros por mais de uma vez foram: Grêmio em 1996 e 2007; Vasco da Gama em 1998; Palmeiras em 1999 e 2001; Corinthians em 2000 e em 2012, Atlético Mineiro em 2000; São Paulo em 2005, 2006 e em 2010; Atlético Paranaense em 2005 e por fim o Cruzeiro em 2009.
  • Os confrontos divididos por fase: quartas de final 14 jogos; oitavas de final 13 jogos; semifinais 6 jogos; 3 partidas-desempate e duas finais.

Resultados da Pré-Libertadores e do Sul-Americano Sub-20


Nessa semana foram definidos os classificados da Pré-Libertadores. Além dos brasileiros São Paulo e Grêmio estarão na fase de grupos Tolima (COL),Iquique (CHI),Tigre (ARG) e Olimpia (PAR). Vamos aos resultados:

jogo 01 Tigre (ARG) x Dep. Anzoategui (VEN)  2x1 e 3x0
jogo 02 LDU (EQU) x Gremio 1x0 e 0x1  nos penaltis 4x5
jogo 03 Tolima (COL) x Univ.Cesar Vallejo (PER) 1x0 e 1x1
jogo 04 Defensor (URU) x Olimpia (PAR) 0x0 e 0x2
jogo 05 São Paulo x Bolivar (BOL) 5x0 e 3x4
jogo 06 León (MEX) x Iquique (CHI) 1x1 e 1x1 nos penaltis 2x4

Na quinzena passada postei o especial da Pré-Libertadores e com os resultados dessa edição podemos notar que clubes da Bolivia e da Venezuela continuam com 0% de aproveitamento nessa fase,jamais classificaram uam equipe para fase de grupos. Por outro lado o Tolima (COL) igualou ao Palmeiras como as equipes que mais jogaram e venceram nessa fase (tres jogos,tres vitórias).


Domingo agora dia 3 teremos a última rodada do Campeonato Sul-Americano Sub-20 que está sendo disputado na Argentina. Restam duas vagas para o Mundial Sub-20 da Turquia. Paraguai e Colombia já garantiram suas vagas enquanto que Chile,Uruguai e Peru brigam por duas vagas. O Equador é o único que chega a rodada fianl sem chances de classificação.

Fase Final  Mendoza

Chile 1 x 3 Paraguai
Peru 1 x 3 Uruguai
Colombia 2 x 1 Equador
Chile 4 x 1 Equador
Peru 1 x 1 Paraguai
Colombia 1 x 0 Uruguai
Chile 0 x 1 Uruguai
Peru 0 x 1 Colombia
Paraguai 1 x 0 Equador
Chile 1 x 0 Colombia
Peru 3 x 2 Equador
Paraguai 1 x 1 Uruguai

classificação

Paraguai 10,Colombia 9,Chile e Uruguai 6,Peru 4 e Equador 0

rodada final

Peru x Chile
Colombia x Paraguai
Uruguai x Equador

Colombia e Paraguai disputam o título,já que não tem como serem ultrapasadas na tabela.Chile e Uruguai jogam pelo empate para ir ao Mundial enquanto que o Peru se classifica se vencer os chilenos.

Clássicos Sul-Americanos The Strongest x Bolívar

The Strongest x Bolívar


classico " mais alto" do mundo

La Paz é o município mais populoso da Bolívia. Localiza-se no oeste do país, a 3660 metros de altitude. Tem aproximadamente 2.087.597 habitantes. Embora Sucre continue legalmente a ser a capital do país, o governo tem a sua sede na cidade de La Paz desde 1898. A capital mais alta da América do Sul é testemunha do maior classico da Bolivia entre o Club The Strongest e Club Bolivar que jogarão agora no dia 9 de fevereiro pelo Campeonato Boliviano.

as origens dos clubes

Fundado dia 8 de abril de 1908 por um grupo de amigos recém-saídos do serviço militar na cidade de La Paz, o Strongest é considerado o clube mais antigo da Bolívia. Naquela época, estava na moda usar nomes ingleses, e a escolha mandou uma mensagem clara: o mais forte. A adoção do tigre como mascote reforçou ainda mais a ideia e o lema da equipe: força, persistência e garra. Os primeiros rivais foram o já extinto Colégio Militar e o Universitário de Sucre, mas tudo mudou com o surgimento do Bolívar em 12 de abril de 1925. Também de La Paz, o clube nasceu com raízes intelectuais e nacionalistas como Atlético Bolívar Literário Cultural e logo passou a adotar o nome Club Atlético Bolívar, mantendo o apelido de Academia.
os confrontos

Cerca de 3 mil espectadores assistiram no dia 16 de outubro de 1927 ao primeiro confronto entre as duas equipes, que terminou sem gols em uma partida muito disputada segundo os relatos da época. Bem diferente foi o primeiro duelo "oficial", no dia 1º de março de 1928. Pelo campeonato citadino de La Paz, no velho estádio Hernando Siles, o Bolívar venceu por 3 a 0.
O clássico com mais gols até agora aconteceu em abril de 1978 e terminou com vitória do Bolívar por 6 a 3. Um ano mais tarde, a Academia conquistou a sua primeira grande goleada ao fazer 6 a 0 no rival. O Tigre precisou esperar 25 anos pela revanche, mas valeu a pena: o 7 a 0 conquistado pelos aurinegros em dezembro de 2004 é o resultado mais elástico da história do confronto. Até hoje os torcedores do Bolívar se defendem dizendo que jogaram com reservas, mas não há como negar os números.
Apesar da enorme importância das duas equipes, elas só se enfrentaram uma vez em uma final. Foi em janeiro de 1989, mas para decidir o campeão do ano anterior, e o Bolívar não deixou dúvidas, vencendo por 3 a 0 e comemorando o sexto título nacional da sua história.
Outro duelo muito lembrado é o de dezembro de 1999, apelidado de "Último Clássico do Século". Naquela ocasião, o Strongest venceu por 1 a 0 apesar de jogar todo o segundo tempo com um homem a menos e se classificou para a Libertadores depois de seis anos de ausência. "Foi uma vitória sofrida, fiel à história do clube", afirmou após a partida o presidente Jorge Sfeir Byron.
De dois anos para cá, a história vem sendo muito favorável ao Bolívar, que ficou 13 partidas sem perder do Strongest, inclusive com seis vitórias consecutivas em 2009. A última das seis vitórias do Bolívar foi conquistada por 3 a 0, mas o Strongest acabou com a escrita quatro dias depois ao vencer por 3 a 2 o confronto de volta.

rivalidade em números

A rivalidade foi crescendo gradualmente à medida que as torcidas dos dois times se tornavam as maiores do país. Ela ganhou ainda mais força com a profissionalização do Campeonato Boliviano em 1977. Desde então, o clássico já aconteceu 168 vezes, com 72 vitórias do Bolívar (253 gols), 40 do Strongest (204) e 56 empates.
Além da perceptível vantagem nos números, a equipe da camisa azul-celeste pode se gabar de ser a mais vitoriosa da era profissional, com 17 títulos nacionais, nove a mais que o maior rival. Além disso, é o único time boliviano a ter disputado uma final internacional (a Copa Sul-Americana em 2004) e o que mais participou da Libertadores (28 vezes, contra 18 do Strongest).
Os estronguistas, por sua vez, têm orgulho do primeiro título da era profissional e também do fato de o clube aurinegro nunca ter sido rebaixado — o Bolívar sofreu uma queda para a segunda divisão em 1964, quando o campeonato nacional ainda era amador.

números do confronto

jogos 168
vitórias do Bolivar 72
vitórias do Strongest 40
empates 56
gols do Bolivar 253

gols do Strongest 204

títulos do Bolivar
Campeonato Boliviano 1978,1982,1983,1985,1987,1991,1992,1994,1997,2002,2004 (Apertura),2005 (Adequación), 2006 (Clausura), 2009 (Apertura), 2011 (Adequación)

títulos do Strongest
Campeonato Boliviano 1977, 1986, 1989, 1993,2003 (Apertura), 2003 (Clausura), 2004 (Apertura), 2011 (Apertura),2012 (Apertura) e 2012 (Clausura)