Páginas

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Buenos Aires: cada esquina um time de futebol (atualizado)


Buenos Aires: quase trinta times em uma cidade de 3 milhões de habitantes.

Cidade com quase três milhões de habitantes, a capital da Argentina é a que tem a maior concentração de times de futebol das Américas, sendo que no mundo fica apenas atrás de Londres. Ao todo são 29 clubes profissionais, alguns deles quase que amadores, mais participantes de uma das divisões do Campeonato Argentino.
O que muita gente confunde, inclusive até alguns meios de comunicação, é mencionar clubes da Região Metropolitana de Buenos Aires como sendo da capital. Não é raro escutar ou ler que “tal time irá a Buenos Aires para enfrentar o Banfield, Independiente ou Lanús”, por exemplo, sendo que esses são times de fora da Capital Federal. Por isso o blog Futebol da América do Sul posta para você de forma resumida quais são os times apenas de Buenos Aires, sem contar os da Região Metropolitana. Os clubes estão divididos por divisões e entre parênteses os bairros nos quais fazem parte ou têm seus estádios:


Primera División

Argentinos Jrs La Paternal
Boca Jrs La Boca
Huracán Parque Patrícios
River Plate Nuñez
San Lorenzo Boedo
Velez Sarsfield Liniers


Primera B Nacional (segunda divisão)

All Boys Floresta
Ferro Carril Oeste Caballito
Nueva Chicago Mataderos


Primera B Metropolitana (terceira divisão)

Atlanta Villa Crespo
Barracas Central Barracas
Comunicaciones Agronomia)
Defensores de Belgrano Nuñez
Deportivo Español Parque Avellaneda
Deportivo Riestra Villa Soldati


Primera C Metropolitana (quarta divisão)

Excursionistas Belgrano
Sacachispas Villa Soldati
Sportivo Barracas Barracas


Primera D Metropolitana (quinta divisão)

Atlético Lugano Villa Lugano
General Lamadrid Villa Devoto
Yupanqui Villa Lugano


Localização dos clubes


Buenos Aires dividida por bairros e a localização dos clubes. Créditos: Jogos Perdidos.

No mapa acima há oito clubes que têm sede ou foram fundados em Buenos Aires e que não está na minha relação pelo fato desses times jogarem em outras cidades, ou “partidos” como chamam os argentinos. São eles:

Primera B Nacional (segunda divisão)

Almagro Almagro, mas joga em 3 de Febrero
Chacarita Jrs La Chacarita, mas joga em Villa Maipú


Primera B Metropolitana (terceira divisão)

Deportivo Armênio Nuñez, mas joga em Escobar
Estudiantes de Buenos Aires Villa Devoto, mas joga em 3 de Febrero
Fênix Palermo, mas joga em Pilar
San Telmo San Telmo, mas joga em Dock Sud


Primera C Metropolitana (quarta divisão)

Liniers Liniers, mas joga em La Matanza


Primera D Metropolitana (quinta divisão)

Deportivo Paraguayo Barracas, mas joga em San Justo


Impressiona mesmo a quantidade de times de futebol que a cidade possui. Em um universo de 29 clubes (entre os que têm sede na cidade e os que jogam fora) para uma cidade de quase três milhões de habitantes, temos uma média de um time para cada 103 mil pessoas. Só para efeito de comparação, São Paulo com seus pouco mais de 11 milhões de moradores dividem entre si apenas seis clubes profissionais, o que dá uma média de um clube para cada quase dois milhões de paulistanos.


Clássicos da cidade

San Lorenzo x Huracán: para eles, o maior clássico de bairro do mundo.

Em Buenos Aires, diferente de vários lugares, cada clube representa seu bairro de origem. Torcer por determinado time significa defender sua gente, sua região, suas raízes. E daí é que temos vários clássicos dentro de uma mesma cidade, pois enfrentar um time de um bairro vizinho não envolve só futebol. Um exemplo é o clássico entre San Lorenzo e Huracán. Embora o campeão da Libertadores de 2014 seja um dos grandes do futebol argentino, vencer seu vizinho regional às vezes vale mais do que bater Boca ou River.
Outro contexto que explique essas rivalidades são confrontos sucessivos nas divisões de acesso do Campeonato Argentino, o que aumenta mais as animosidades entre esses clubes.
Veja a seguir a lista dos clássicos da capital:


Boca Jrs x River Plate
San Lorenzo x Huracán
Velez Sarsfield x Ferro Carril Oeste
All Boys x Nueva Chicago
Atlanta x Chacarita Jrs
Barracas Central x Sportivo Barracas
Comunicaciones x General Lamadrid
Deportivo Riestra x Sacachispas
Atlético Lugano x Yupanqui


Estádios e torcidas


Localização dos estádios e os proprietários. Imagem La Pelota no Dobla, da Argentina.

Atualmente existem dezessete estádios de futebol na capital portenha. Curiosamente, os cinco maiores pertencem aos cinco mais populares da cidade: Monumental de Nuñez (River), La Bombonera (Boca), Nuevo Gasômetro (San Lorenzo), José Amalfitani (Vélez) e Afonso Ducó (Huracán).
Boca e River, como todos sabem, são os dois mais populares do país. Juntas, as duas torcidas somam quase dois terços da preferência nacional. Outro clube que também é bastante popular em todo país, mas em proporção menor é o San Lorenzo. Vélez e Huracán têm suas torcidas restritas apenas na Região Metropolitana.
Dentre os pequenos, destacam-se: Chacarita Jrs, Argentinos Jrs, Nueva Chicago, Ferro Carril Oeste, Atlanta e All Boys. O restante resume-se apenas ao bairro ou região onde está situado.





8 comentários:

  1. Excelente trabajo, y para agregar algo mas, les cuento que hay otros clasicos mas pequeños entre estos mismos clubes, como por ejemplo River Plate vs San Lorenzo o Boca vs San Lorenzo. saludos desde Formosa, ARG

    ResponderExcluir
  2. Marcelo,

    Parabéns.

    Vivi na Argentina precisamente onde está o Clube Patronato. O que fica claro para mim que não há polarização e as raízes são preservadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo parabéns Ricardo, e continue nos prestigiando.

      Excluir
  3. Só faltou a porcentagem das torcidas na capital

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, até procuramos pesquisar sobre o assunto mas os dados eram muito diferentes entre os institutos de pesquisa, então para não postarmos o que não tínhamos certeza preferimos não postar, mas obrigado pela observação.

      Excluir
  4. Excelente trabalho! Eu iria morrer acreditando que o clássico de Avellaneda entre Racing e o Independiente eram de clubes de Buenos Aires... Tudo bem, mas fora ou dentro do Distrito federal, é a região metropolitana. Na minha opinião, Buenos Aires (metropolitana) é a capital do futebol mundial, dada a quantidade de títulos relevantes (sulamericano e mundial). Se considerarmos que Londres tem Chelsea, Arsenal e Tottenham somente que conquistaram algo, ficam longe de Boca, River, Velez, San lorenzo, Independiente, Racing, etc. O Brasil também não rivaliza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Buenos Aires é diferenciada de outras do mundo futebolístico pelos fatos abordados na matéria (clubes campeões, rivalidades etc). É como se fosse um país dentro da Argentina. E muito obrigado pelo elogio e continue nos prestigiando!

      Excluir