Páginas

sexta-feira, 13 de março de 2015

Libertadores: Resultados de 10 a 12 de Março



Semana nada bom para os clubes argentinos. Com exceção do Boca que venceu o Zamora por cinco a zero e estabelecendo a maior goleada dessa edição, todos os outros times saíram sem vencer: River e Huracán empataram enquanto que Racing e Estudiantes perderam. Não tivemos jogos de clubes brasileiros.
Confira como foram esses jogos, a classificação e a rodada dos dias 17 a 19 com destaque para o jogo da semana:



10/03 terça-feira
Universitário de Sucre-BOL 0x0 Huracán-ARG
Montevideu Wanderers-URU 1x0 Palestino-CHI
Guaraní-PAR 5x2 Deportivo Táchira-VEN
Racing-ARG 1x2 Sporting Cristal-PER

11/03 quarta-feira
Boca Jrs-ARG 5x0 Zamora-VEN
San Jose-BOL 0x1 Tigres-MEX
Barcelona-EQU 1x2 Nacional-COL

12/03 quinta-feira
Juan Aurich-PER 1x1 River Plate-ARG
Libertad-PAR 1x0 Estudiantes-ARG

classificação

Grupo 1 Santa Fé e Colo Colo 6, Atlas 3 e Atlético 0
Grupo 2 Corinthians 6, São Paulo e San Lorenzo 3 e Danúbio 0
Grupo 3 Universitário 5, Huracán 3, Cruzeiro 2 e Mineros 1
Grupo 4 Emelec e Internacional 6, Universidad de Chile e The Strongest 3
Grupo 5 Boca 9, Wanderers 6, Palestino 3 e Zamora 0
Grupo 6 Tigres 7, Juan Aurich 4, San José 3 e River Plate 2
Grupo 7 Libertad 7, Nacional 5, Estudiantes 4 e Barcelona 0
Grupo 8 Racing 6, Sporting Cristal 5, Guaraní 4 e Táchira 1

próximos jogos

17/03 terça-feira
Danúbio-URU x Corinthians
Sporting Cristal-PER x Racing-ARG
Zamora-VEN x Boca Jrs-ARG
Tigres-MEX x San José-BOL
The Strongest-BOL x Universidad de Chile-CHI

18/03 quarta-feira
Emelec-EQU x Internacional
Estudiantes-ARG x Libertad-PAR
Táchira-VEN x Guaraní-PAR
Santa Fé-COL x Atlético Mineiro
São Paulo x San Lorenzo-ARG

19/03 quinta-feira
River Plate-ARG x Juan Aurich-PER
Palestino-CHI x Montevideu Wanderers-URU
Mineors-VEN x Cruzeiro
Nacional-COL x Barcelona-EQU


  • Universitário de Sucre continua sem vencer em casa pela competição, enquanto que o Huracán ainda não sabe o que é perder fora da Argentina. Contando com as duas únicas edições que participou até aqui (1974 e a atual) foram três vitórias e três empates no exterior. Com o empate os clubes argentinos quebraram um tabu de cinco derrotas consecutivas atuando na Bolívia.
  • Essa foi a segunda vez que o Montevidéu Wanderers enfrenta clubes chilenos em Libertadores. A única vez havia sido em 2002 quando também venceu outro Wanderers, o Santiago, por 3 a 1. Já o Palestino soma quatro partidas no Uruguai e continua sem vencer no país citado.
  • Com a vitória sobre o Deportivo Táchira, o Guaraní venceu pela primeira vez em casa depois de nove jogos. Não vencia desde 2004 (3x1 Jorge Wilstermann-BOL).
  • Pela terceira vez o Sporting Cristal vence o Racing. Nas outras seis partidas entre os dois jamais havia ocorrido empate: os argentinos venceram quatro e perderam as outras duas. Contando com a partida de terça, essa é a partida de número 29 do Racing em casa pela Libertadores e o time argentino perdeu pela quarta vez como mandante (duas para os conterrâneos), sendo que a única derrota para estrangeiros antes dessa havia sido exatamente para um peruano (1x2 Universitário em 1967).
  • Essa foi a partida de número 100 como visitante do Sporting Cristal. Agora o time peruano soma 17 vitórias, 23 empates e 60 derrotas, tendo marcado 97 gols e sofrido outros 186. Dos últimos vinte jogos fora de casa ganhou apenas três. Ostentava a marca de ser o último clube peruano a vencer na Argentina (1x0 sobre o Vélez em 1997).
  • Depois do triunfo sobre o Zamora, o Boca soma seis vitórias nos seis jogos que fez contra venezuelanos em casa. Já o Zamora em sua curta trajetória em Libertadores jamais venceu como visitante, em oito jogos perdeu sete e empatou um.
  • Essa foi a terceira vitória de doze jogos que o Tigres fez como visitante. Agora no total os clubes mexicanos venceram na Bolívia quatro vezes, e um dos bolivianos que perdeu em casa havia sido justamente o San Jose.
  • Antes dessa partida o Barcelona não enfrentava clubes colombianos desde 2004, e até então ostentava quatro vitórias, dois empates e duas derrotas frente a times daquele país (essa foi a terceira derrota). Já o Nacional ganhou no Equador pela primeira vez, e agora soma uma vitória, três empates e uma derrota nas cinco partidas que fez em território equatoriano.
  • Enquanto o Juan Aurich vinha de três vitórias seguidas em casa, o River soma agora sete jogos sem vencer como visitante. No geral o time argentino jogou doze vezes no Peru e o retrospecto é positivo (5V, 4E e 3D).
  • O Libertad completa sessenta partidas como mandante em Libertadores. Trezes desses jogos foram diante de clubes argentinos (6V, 2E e 6D) enquanto que o time de La Plata perdeu apenas duas partidas das seis que fez no Paraguai. Ambos já haviam se enfrentado pelas oitavas de final de 2009, com o Estudiantes seguindo adiante (3x0 e 0x0).



Nenhum comentário:

Postar um comentário