Páginas

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Brasil e as penalidades máximas em Copa América

Ao perder para os paraguaios nas penalidades máximas no sábado, a seleção brasileira agora soma oito disputas de pênaltis na competição, tendo vencido quatro e perdido as outras quatro. Curiosamente é que as oito disputas foram somente diante de três adversários: Argentina, Uruguai e Paraguai.
Foi diante dos argentinos as primeiras disputas de pênaltis, com derrota nas quartas de 1993 e vitória na mesma fase dois anos depois. A seguir vieram duas disputas contra os uruguaios, sendo a primeira na final de 1995 (vitória do Uruguai) e nas semifinais de 2004, dessa vez com triunfo brasileiro. Ainda nessa edição veio a finalíssima diante da Argentina e o título veio nas cobranças alternadas.
Em 2007 a seleção brasileira também desempatou outro confronto a favor, dessa vez sobre os uruguaios ao vencerem nas semifinais pela segunda edição seguida. A final seria novamente contra os argentinos, mas aqui o título veio no tempo normal.
Já as duas últimas disputas de pênaltis foram contra os paraguaios e aí o resultado final todos lembram: derrotas na Argentina em 2011 e no sábado passado em solo chileno, e em ambas as disputas válidas pelas quartas de final.


As disputas de pênaltis do Brasil

8 disputas
4 vitórias
4 derrotas

1993 Equador
Brasil 1x1 Argentina (4x5 pênaltis) quartas

1995 Uruguai
Brasil 2x2 Argentina (4x2 pênaltis) quartas
Brasil 1x1 Uruguai (3x5 pênaltis) final

2004 Peru
Brasil 1x1 Uruguai (5x3 pênaltis) semifinais
Brasil 2x2 Argentina (4x2 pênaltis) final

2007 Venezuela
Brasil 2x2 Uruguai (5x4 pênaltis) semifinais

2011 Argentina
Brasil 0x0 Paraguai (0x2 pênaltis) quartas

2015 Chile
Brasil 1x1 Paraguai (3x4 pênaltis) quartas





Nenhum comentário:

Postar um comentário