Páginas

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Copa do Mundo de Futebol Feminino 2015



Amanhã terá início mais uma Copa do Mundo Feminina. A sétima edição será jogada na Nova Zelândia e irá até o dia 05 de julho. Participarão 24 seleções divididas em seis grupos de quatro com os dois primeiros mais os quatro melhores terceiros colocados se classificando para os mata-matas. Atual campeão, o Japão luta pelo bicampeonato e tentará igualar-se a Alemanha e Estados Unidos, esses os maiores vencedores da competição. Completa a galeria de campeãs a Noruega.
Seis cidades sediarão o torneio: Edmonton, Montreal, Vancouver, Winnipeg, Ottawa e Moncton. A América do Sul será representada por Brasil, Colômbia e Equador, este último classificado na repescagem contra uma seleção da Concacaf. Assim como nos outros torneios o blog cobrirá somente os jogos dos sul-americanos, ou melhor, sul-americanas.


Grupo A Canadá, China, Holanda e Nova Zelândia
Grupo B Alemanha, Costa do Marfim, Noruega e Tailândia
Grupo C Camarões, Equador, Japão e Suíça
Grupo D Austrália, Estados Unidos, Nigéria e Suécia
Grupo E Brasil, Coréia do Sul, Costa Rica e Espanha
Grupo F Colômbia, França, Inglaterra e México


jogos das sul-americanas

08/06 segunda-feira
Equador x Camarões

09/06 terça-feira
Brasil x Coréia do Sul
Colômbia x México

12/06 sexta-feira
Equador x Suíça


todas as campeãs

2 Estados Unidos 1991 e 1999
   Alemanha 2003 e 2007
1 Noruega 1995
   Japão 2011


por confederação

3 UEFA (Europa)
2 Concacaf (Américas Central e Norte)
1 AFC (Ásia)


maiores participações

6 Estados Unidos
   Alemanha
   Brasil
   Noruega
   Suécia
   Japão
   Nigéria
5 China
   Canadá
   Austrália


ranking de pontos (as cinco melhores)

80 Estados Unidos
68 Alemanha
58 Noruega
49 Suécia
48 Brasil


as sul-americanas na história da competição

Das 24 seleções que um dia estiveram em pelo menos uma das seis edições do Mundial Feminino, apenas três são do continente sul-americano: Brasil, Colômbia e Argentina. As brasileiras, que ocupam a quinta colocação no ranking histórico é a única representante da Conmebol a subir no pódio: no vice em 2007 e em 1999 quando alcançou o terceiro lugar. É também uma das sete seleções que esteve em todos os Mundiais. As colombianas estiveram apenas uma vez, mas no ranking aparece na frente das argentinas, mesmo essas com duas participações.




Nenhum comentário:

Postar um comentário