Páginas

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Onde as finais de Libertadores foram jogadas

Quarta passada River e Tigres fizeram o jogo decisivo da Copa Libertadores no estádio Monumental de Nuñez, na capital argentina. Palco de três finais da competição (1962, 1986 e 1996), a casa do River Plate irá receber uma decisão de Libertadores pela quarta vez enquanto que Buenos Aires, a nona final. E é sobre esse tema que iremos abordar nesse post, os estádios e as cidades que foram sede do jogo decisivo de Libertadores.
Até hoje em 56 edições (já contando com a atual) o estádio que mais sediou finais foi o Nacional de Santiago, no Chile: oito decisões. Logo a seguir vem o estádio Centenário, em Montevidéu com sete. Entre os estádios brasileiros, o recorde pertence ao Morumbi com cinco, um a mais que o Pacaembu, o segundo da lista.
Já em se tratando de cidades, São Paulo é a recordista. A capital paulista foi sede de dez decisões distribuídas por três estádios (Morumbi, Pacaembu e o antigo Palestra Itália). Santiago do Chile e agora Buenos Aires vêm logo a seguir com oito. A capital argentina inclusive, não sediava duas finais seguidas de Libertadores desde os anos de 1978 e 1979, enquanto que de 2005 a 2013 somente o Brasil recebeu a partida decisiva. Sendo palco das nove finais desse período, o país lidera entre os sul-americanos com dezoito decisões.


Estádios

8 finais
Nacional (Santiago-CHI) 1965, 1966, 1967, 1974, 1976, 1982, 1987 e 1993

7 finais 
Centenário (Montevidéu-URU) 1968, 1970, 1973, 1977, 1980, 1981 e 1988

5 finais
Morumbi (São Paulo) 1992, 1994, 2000, 2003 e 2005

4 finais
La Bombonera (Buenos Aires-ARG) 1963, 1978, 1979 e 2001
Pacaembu (São Paulo) 1961, 2002, 2011 e 2012
Monumental de Nuñez (Buenos Aires-ARG) 1962, 1986, 1996 e 2015

3 finais 
Doble Visera (Avellaneda-ARG) 1964, 1972 e 1984
Mineirão (Belo Horizonte) 1997, 2009 e 2013

2 finais
Defensores del Chaco (Assunção-PAR) 1975 e 1985
Monumental Isidro Romero (Guayaquil-EQU) 1990 e 1998
Olímpico (Porto Alegre) 1983 e 2007
Beira-Rio (Porto Alegre) 2006 e 2010

1 final
Manuel Ferreira (Assunção-PAR) 1960
Jorge Hirschi (La Plata-ARG) 1969
Nacional (Lima-PER) 1971
El Campín (Bogotá-COL) 1989
Monumental David Arellano (Santiago-CHI) 1991
Atanásio Girardot (Medellín-COL) 1995
Palestra Itália (São Paulo) 1999
Palo Grande (Mañizales-COL) 2004
Maracanã (Rio de Janeiro) 2008
Nuevo Gasômetro (Buenos Aires-ARG) 2014 


Cidades

10 finais
São Paulo

9 finais 
Santiago-CHI
Buenos Aires-ARG

7 finais
Montevidéu-URU

4 finais 
Porto Alegre

3 finais
Avellaneda-ARG, Belo Horizonte e Assunção-PAR
2 finais
Guayaquil-EQU

1 final 
La Plata-ARG, Lima-PER, Bogotá-COL, Medellín-COL, Mañizales-COL e Rio   de Janeiro


Países

18 finais 
Brasil

13 finais
Argentina
9 finais
Chile

7 finais
Uruguai

3 finais 
Paraguai e Colômbia

2 finais
Equador
  
1 final
Peru



Nenhum comentário:

Postar um comentário