Páginas

domingo, 22 de novembro de 2015

Palmeiras x Santos: Primeira final nacional no ano do centenário do clássico



No mês de outubro celebramos o centenário do clássico que reúne os dois maiores vencedores de competições nacionais do Brasil: trata-se de Palmeiras x Santos, que se enfrentaram pela primeira vez em 03 de outubro de 1915 com vitória santista por 7 a 0, sendo essa coincidentemente a maior derrota da história palmeirense. Desde então se enfrentaram mais 309 vezes com certa vantagem do time alviverde (131 a 99), mas nenhum desses confrontos valendo título nacional. Mas...
Quis o destino que os maiores ganhadores de torneios nacionais quebrariam a escrita justo no ano em que o clássico completa cem anos ao se classificarem para a final da Copa do Brasil. A decisão será jogada entre os dias 25 de novembro e 02 de dezembro e o campeão garante vaga na Copa Libertadores do ano que vem. As duas equipes já haviam decidido o Campeonato Paulista no primeiro semestre depois de 55 anos com vitória santista, que aliás venceu todos os quatro últimos mata-matas.
O confronto recebeu o nome de "Clássico da Saudade", devido ao fato de que entre o final da década de 50 e o começo dos anos 70 Palmeiras e Santos foram os protagonistas do período mais áureo do futebol brasileiro. Com verdadeiras seleções em seus plantéis, juntos os dois clubes dividiram entre si doze estaduais seguidos entre 1958 a 1969, sem contar as sete das dez edições realizadas da antiga Taça Brasil e três dos quatro Torneio Roberto Gomes Pedrosa. Os santistas se deram ainda melhor ao serem bicampeões da Libertadores e do Mundial Interclubes nos anos de 1962/1963.
É tanta história pra contar que traremos apenas os números, estatísticas e algumas curiosidades do clássico:


310 jogos ( de 03/10/1915 a 01/11/2015)

131 vitórias do Palmeiras
 99 vitórias do Santos
 80 empates

992 gols marcados
538 gols do Palmeiras
454 gols do Santos


jogos por campeonatos

183 Campeonato Paulista
 65 Campeonato Brasileiro
 38 Amistosos
 22 Torneio Rio-São Paulo
 02 Copa do Brasil


jogos por estádios

103 Vila Belmiro
 78 Pacaembu
 67 Parque Antártica/Allianz Parque
 49 Morumbi
 13 Outros estádios


jogos com mais gols
Santos 7x6 Palmeiras em 06/03/1958 no Pacaembu pelo Rio-São Paulo

empate com mais gols
Palmeiras 4x4 Santos em 13/04/1955 no Pacaembu pelo Rio-São Paulo


números a favor do Palmeiras

maior goleada 8x0 em 11/12/1932
maior artilheiro Heitor Marcelino (13 gols)
maior série invicta 15 jogos (14 vitórias e um empate) entre 08/07/1917 a 06/06/1926
maior sequencia de vitórias 9 entre 22/05/1921 a 06/06/1926
títulos sobre o rival Campeonato Paulista de 1959

números a favor do Santos

maior goleada 7x0 em 03/10/1915
maior artilheiro Pelé (32 gols)
maior série invicta 10 jogos (3 vitórias e 7 empates) entre 20/09/1987 a 02/05/1991
maior sequencia de vitórias 5 entre 26/10/1957 a 16/11/1958
títulos sobre o rival Campeonato Paulista 2015


decisões de títulos - Palmeiras 1x1 Santos

1959 Palmeiras vence o Santos na final do Campeonato Paulista
2015 Santos vence o Palmeiras na final do Campeonato Paulista


mata-matas entre os dois - Santos 6x2 Palmeiras

1964 Santos elimina o Palmeiras nas semifinais da Taça Brasil
1965 Santos elimina o Palmeiras nas semifinais da Taça Brasil
1997 Santos elimina o Palmeiras nas semifinais do Rio-São Paulo
1998 Palmeiras elimina o Santos nas semifinais da Copa do Brasil
1999 Palmeiras elimina o Santos nas semifinais do Paulistão
2000 Santos elimina o Palmeiras nas semifinais do Paulistão
2009 Santos elimina o Palmeiras nas semifinais do Paulistão
2013 Santos elimina o Palmeiras nas quartas de final do Paulistão


títulos nacionais do Palmeiras

Campeonato Brasileiro 1972, 1973, 1993 e 1994
Taça Brasil 1960 e 1967
Roberto Gomes Pedrosa 1967 e 1969
Copa do Brasil 1998 e 2012
Copa dos Campeões 2000


títulos nacionais do Santos

Campeonato Brasileiro 2002 e 2004
Taça Brasil 1961, 1962, 1963, 1964 e 1965
Roberto Gomes Pedrosa 1968
Copa do Brasil 2010


algumas curiosidades


  • Em relação a campeonatos, o Palmeiras tem vantagem sobre o Santos no Paulistão (89 vitórias contra 53) e amistosos (16 contra 11). Já a vantagem do Santos é em Campeonatos Brasileiros (24 a 18) e no extinto Torneio Rio-São Paulo (11 contra 8). Na Copa do Brasil os dois únicos confrontos até aqui terminaram empatados.
  • Já entre estádios, o Palmeiras tem vantagem em seu estádio com 37 vitórias contra 12 dos santistas e no Morumbi (18 a 12). O Santos mais venceu que perdeu na Vila Belmiro (43 a 42) e no Pacaembu, onde a vantagem também é apertada (29 a 25). O curioso é que até o ano passado os santistas tinham mais derrotas que vitórias para o Palmeiras jogando em casa.
  • Treze jogos foram realizados em outros estádios: Chácara da Floresta (4 jogos), Antártica Paulista (dois jogos), Ponte Grande, Velódromo e Avenida Conselheiro Nébias (uma vez cada) completam a lista dos jogos em estádios extintos. Dos atuais temos o Prudentão em Presidente Prudente (dois jogos), Parque São Jorge e Bruno Daniel em Santo André com um jogo cada.
  • O maior público do clássico foi registrado no Morumbi no dia no dia 15/10/1978: Palmeiras 2x1 Santos pelo Campeonato Paulista foi assistido por 127.723 torcedores.
  • O Palmeiras detém as maiores goleadas como visitante: 6x0 em 1996, 5x0 em 1940 e em 1976 e 4x0 em 2004. A maior do Santos no Parque Antártica foi um 4x1 em 1967.
  • Apenas duas finais registradas entre os dois, com uma vitória pra cada lado e ambas válidas pelo Paulistão: em 1959 deu Palmeiras e nesse ano o título ficou com o Santos.
  • Em 1927 as duas equipes tinham chances de serem campeões paulista e se enfrentaram sem ser uma final, terminando com o Palmeiras campeão e o Santos vice. Por três vezes apenas um dos dois tinha chance de ser campeão e faturou o título sobre o outro: em 1960 e 1968 deu Santos e em 1996 deu Palmeiras. 
  • Excetuando-se as finais, sete dos oito mata-matas envolvendo os dois times foram válidos por semifinal: três pelo Paulistão, dois pela antiga Taça Brasil, um pelo Rio-São Paulo e pela Copa Do Brasil.
  • Apesar de serem os grandes campeões nacionais, é o único clássico paulista que até agora nunca foi jogado por uma competição internacional.
  • E por fim, em apenas dois dos cem anos o clássico não foi jogado: em 1918 quando o então Palestra Itália abandonou o Campeonato Paulista rodadas antes de enfrentar o Santos e em 2003 pelo fato do Palmeiras estar na Série B do Campeonato Brasileiro, já que pelo Paulistão ambos caíram em grupos diferentes e o time santista não se classificou aos mata-matas onde poderia enfrentar o Palmeiras.








Nenhum comentário:

Postar um comentário