Páginas

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Santa Fé campeão da Copa Sul-Americana 2015



Mais um novo campeão das competições organizadas pela Conmebol surge na América do Sul: trata-se do Santa Fé, que derrotou nos pênaltis os argentinos do Huracán por 3 a 1 após 210 minutos sem gols (dois jogos 0x0 mais a prorrogação) e faturou assim a edição de número catorze da Copa Sul-Americana, tornando-se o primeiro de seu país a alcançar tal feito. Derrotado nos pênaltis, resta ao Huracán lamentar o vice-campeonato invicto.
Com a conquista, o Santa Fé garantiu vaga na próxima Libertadores (fase preliminar) além do direito de decidir a Recopa Sul-Americana do ano que vem diante do River Plate.


final

09/12 quarta-feira
Santa Fé-COL 0x0 Huracán-ARG (3x1 nos pênaltis)


a campanha do campeão

LDU Loja-EQU 0x0 e 3x0 (primeira fase)
Nacional-URU 2x0 e 0x1 (segunda fase)
Emelec-EQU 1x2 e 1x0 (oitavas)
Independiente-ARG 1x0 e 1x1 (quartas)
Sportivo Luqueño-PAR 1x1 e 0x0 (semifinal)
Huracán-ARG 0x0, 0x0 e 3x1 pênaltis (final)


títulos internacionais do futebol colombiano

1989 Libertadores Nacional
1990 Interamericana Nacional
1997 Interamericana Nacional
1998 Merconorte Nacional
1999 Merconorte América
2000 Merconorte Nacional
2001 Merconorte Millonarios
2004 Once Caldas Libertadores
2015 Sul-Americana Santa Fé


algumas curiosidades


  • Essa foi a primeira conquista internacional do Santa Fé, mas não a primeira final pois o time colombiano já havia ficado com o vice em duas oportunidades: na Copa Conembol de 1996 ao perder para o Lanús-ARG e na Copa Merconorte de 1999 quando foi derrotado numa decisão doméstica para o América de Cali nos pênaltis. E agora em 2015 o título veio sobre um argentino e nas penalidades máximas.
  • A conquista do Santa Fé deu a Colômbia sua primeira Copa Sul-Americana após duas finais perdidas pelo Nacional. Pôs fim também ao jejum de onze anos sem títulos internacionais dos clubes do país, que não levantavam uma taça desde a Libertadores de 2004 com o Once Caldas, curiosamente a única final que os colombianos haviam derrotado um time argentino.
  • Os colombianos do Santa Fé foram campeões sem vencer as últimas cinco partidas. Depois de vencer o Independiente na Argentina pela partida de ida das quartas de final, o time empatou o jogo de volta em casa, classificando-se. Depois nas semifinais mais dois empates contra o Sportivo Luqueño-PAR e a vaga na final graças ao gol marcado fora de casa. E depois na decisão empate sem gols nos dois jogos e na prorrogação. Foram cinco empates e nos últimos três sem marcar um gol sequer.
  • Com cinco vitórias e cinco empates, o Huracán termina a Copa Sul-Americana com o vice e invicto.



Nenhum comentário:

Postar um comentário