Páginas

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Os estreantes em Libertadores por edição

Na semana passada tivemos a estreia de River Plate-URU e Puebla-MEX em Libertadores. Pensando no tema, o blog posta para você todos os estreantes por edição divididos por país. A lista excluiu os times mexicanos e venezuelanos que participaram do torneio classificatório para a Libertadores entre 1998 e 2003 pois não se tratava de uma fase da competição:


todos os estreantes em Libertadores de 1960 a 2016


1960 - 7 times San Lorenzo (ARG), Jorge Wilstermann (BOL), Bahia (BRA),Universidad de Chile (CHI), Millonarios (COL), Olímpia (PAR) e Peñarol (URU)

1961 - 6 times Independiente (ARG), Palmeiras (BRA), Colo Colo (CHI), Santa Fé (COL), Barcelona (EQU) e Universitário (PER)

1962 - 8 times Racing (ARG), Deportivo Municipal (BOL), Santos (BRA), Universidad Católica (CHI), Emelec (EQU), Cerro Porteño (PAR), Sporting Cristal (PER) e Nacional (URU)

1963 - 4 times Boca Jrs (ARG), Botafogo (BRA), Everest (EQU) e Alianza Lima (PER)

1964 - 2 times Aurora (BOL) e Deportivo Itália (VEN)

1965 - 4 times The Strongest (BOL), Deportivo Quito (EQU), Guarani (PAR) e Deportivo Galícia (VEN)

1966 - 3 times River Plate (ARG), 9 de Octubre (EQU) e Deportivo Lara (VEN)

1967 - 5 times Cruzeiro (BRA), Independiente Medellín (COL), Bolívar e 31 de Octubre (BOL) e Sport Boys (PER)

1968 - 7 times Estudiantes (ARG), Náutico (BRA), Always Ready (BOL), Deportivo Cáli (COL), El Nacional (EQU), Libertad (PAR) e Deportivo Portugués (VEN)

1969 - 4 times Litoral (BOL), Santiago Wanderers (CHI), Juan Aurich (PER) e Deportivo Canárias (VEN)

1970 - 6 times América de Cáli (COL), Rangers (CHI), LDU e América (EQU), Deportivo Arica (PER) e Valência (VEN)

1971 - 5 times Rosário Central (ARG), Chaco Petrolero (BOL), Fluminense (BRA), Atlético Junior (COL) e Unión Española (CHI)

1972 - 5 times Oriente Petrolero (BOL), São Paulo e Atlético Mineiro (BRA), Unión San Felipe (CHI) e Nacional (COL)

1973 - Não houve estreantes

1974 - 4 times Huracán (ARG), Universidad Católica (EQU), Defensor Lima (PER) e Portuguesa (VEN)

1975 - 5 times Newell’s Old Boys (ARG), Vasco da Gama (BRA), Huachipato (CHI), Unión Huaral (PER) e Montevidéu Wanderers (URU)

1976 - 6 times Internacional (BRA), Guabirá (BOL), Palestino (CHI), Deportivo Cuenca (EQU), Sportivo Luqueño (PAR) e Alfonso Ugarte (PER)

1977 - 4 times Corinthians (BRA), Everton (CHI), Defensor (URU) e Estudiantes de Mérida (VEN)

1978 - 1 time Danúbio (URU)

1979 - 4 times Quilmes (ARG), Guarani (BRA), O’Higgins (CHI) e Sol de América (PAR)  

1980 - 4 times Velez Sarsfield (ARG), Universidad Católica (EQU), Atlético Chalaco (PER) e Deportivo Táchira (VEN)

1981 - 5 times Flamengo (BRA), Cobreloa (CHI), Técnico Universitário (EQU), Atlético Torino (PER) e Bella Vista (URU)

1982 - 4 times Grêmio (BRA), Tolima (COL), Melgar e Deportivo Municipal (PER)

1983 - 4 times Ferro Carril Oeste (ARG), Blooming (BOL), Nacional (PAR) e San Cristóbal (VEN)

1984 - 1 time Universidad de Los Andes (VEN)

1985 - 2 times Argentinos Jrs (ARG) e Magallanes (CHI)

1986 - 4 times Bangu e Coritiba (BRA), Cobresal (CHI) e Universidad Técnica Cajamarca (PER)

1987 - 2 times San Augustín (PER) e Progresso (URU)

1988 - 3 times Sport Recife (BRA), Filabanco (EQU) e Marítimo (VEN)

1989 - Não houve estreantes

1990 - 2 times Mineros e Pepeganga (VEN)

1991 - 2 times Deportes Concepción (CHI) e Colegiales (PAR)

1992 - 4 times San José (BOL), Criciúma (BRA), Coquimbo (CHI) e Valdez (EQU)

1993 - 2 times Minervén e Caracas (VEN)

1994 -  Não houve estreantes

1995 - 2 times Cerro (URU) e Trujillanos (PER)

1996 - 1 time Espoli (EQU)

1997 - Não houve estreantes

1998 - 4 times Cólon (ARG), Atlético Bucaramanga (COL), América e Chivas Guadalajara (MEX) 

1999 - 2 times Once Caldas (COL) e Monterrey (MEX)

2000 - 3 times  Atlético Paranaense e Juventude (BRA) e Atlas (MEX) 

2001 - 3 times São Caetano (BRA), Olmedo (EQU) e Cruz Azul (MEX)

2002 - 6 times Talleres (ARG), Real Potosí (BOL), Tuluá (COL), Morelia (MEX), 12 de Octubre (PAR) e Cienciano (PER)

2003 - 4 times Gimnasia y Esgrima (ARG), Paysandu (BRA), Pumas (MEX) e Fenix (URU)

2004 - 3 times Universidad Concepción (CHI), Santos Laguna (MEX) e Maracaibo (VEN)

2005 - 5 times Banfield (ARG), Santo André (BRA), Tigres e Pachuca (MEX) e Tacuary (PAR)

2006 - 3 times Goiás e Paulista (BRA) e Rocha (URU)

2007 - 5 times Paraná (BRA), Cúcuta e Deportivo Pasto (COL), Audax (CHI) e Toluca (MEX)

2008 - 6 times Lanús e Arsenal (ARG), La Paz (BOL), Boyacá Chicó (COL), Coronel Bolognesi e Universidad San Martín (PER)

2009 - 2 times Universitário de Sucre (BOL) e Deportivo Anzoátegui (VEN)

2010 - 2 times  Estudiantes Tecos (MEX) e Racing (URU)

2011 - 4 times Godoy Cruz (ARG), Jaguares (MEX), León Huanuco (MEX) e Liverpool (URU) 

2012 - 2 times Sport Huancayo (PER) e Zamora (VEN)

2013 - 7 times Tigre (ARG), Deportes Iquique (CHI), Tijuana e León (MEX), Universidad César Vallejo e Real Garcilaso (PER) e Deportivo Lara (VEN)

2014 - 1 time Independiente del Valle (EQU)

2015 - não houve estreantes

2016 - 2 times Puebla (MEX) e River Plate (URU)


algumas curiosidades

  • A primeira vez que não tivemos nenhum estreante foi em 1973. Naquela edição todos os 19 clubes já haviam disputado a competição ao menos uma vez. Também não houve estreantes em 1989, 1994, 1997 e no ano passado.
  • Anos em que tivemos apenas um único estreante: 1978, 1984, 1996 e 2014.
  • Excetuando a primeira edição tivemos quatro clubes campeões logo em suas estreias: Santos em 1962, Estudiantes-ARG em 1968, Flamengo em 1981 e por fim o Argentinos Jrs-ARG em 1985.
  • Já os vice-campeões estreantes foram: Palmeiras em 1961, Boca Jrs-ARG em 1963, River Plate-ARG em 1966, Cobreloa-CHI em 1981 e por fim o Cruz Azul-MEX em 2001. O time mexicano inclusive foi o último estreante a disputar uma final.
  • Até hoje tivemos uma única final entre clubes debutantes em Libertadores: Flamengo e Cobreloa-CHI disputaram pela primeira vez em 1981 e de cara ambos decidiram o título.
  • Dos onze países participantes da Libertadores aquele que há mais tempo sem estrear um clube é o Paraguai sendo que o último clube foi o Tacuary em 2005. De lá pra cá todos os outros dez países tiveram ao menos um estreante. Depois do Paraguai vem os brasileiros que não estreiam um clube desde 2007 com o Paraná Clube seguido da Colômbia com o Boyacá Chico em 2008.
  • O maior intervalo entre uma estreia e outra entre clubes do mesmo país pertence a Colômbia. Depois do Tolima  em 1982 um colombiano só voltou a estrear dezesseis anos depois em 1998 com o Atlético Bucaramanga.
  • E pra terminar o ano que mais clubes estrearam numa mesma edição foi em 1962 com oito entre os dez participantes.  Depois vieram as edições de 1968 e 2013 com sete estreantes cada.



Nenhum comentário:

Postar um comentário