Páginas

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Especial Libertadores 03: Campeões e finalistas por clubes diferentes

No primeiro especial sobre os jogadores que fizeram história na Libertadores abordamos os que conquistaram a competição por no mínimo três vezes; no segundo especial os que mais vezes estiveram em decisões e hoje é a vez de postarmos tanto os que conquistaram a Libertadores quanto os que foram finalistas por clubes diferentes.
O primeiro da história a vencer por dois times diferentes foi o argentino Miguel Ángel Mori, que foi bi com o Independiente em 1964-1965 e campeão com o arquirrival Racing em 1967. Poucos anos depois outros dois uruguaios se igualariam a Mori: Luis Cubilla, campeão pelo Nacional em 1971 após ter ganho duas vezes com o Peñarol e Julio Castillo, presente nessa mesma conquista do Nacional junto com Cubilla e que dois anos depois levantaria a taça pelo Independiente. Cubilla entraria para a história por ser o primeiro finalista por três times enquanto que Castillo primeiro campeão por clubes de países diferentes.
Em se tratando se finalistas por dois times, antes mesmo de Mori ser campeão um jogador já havia disputado duas finais: o paraguaio Juan Lezcano, que depois de ser vice em 1960 com seu Olímpia para o Peñarol, transferiu-se para o próprio time uruguaio onde voltaria a perder uma final, a de 1962 para o Santos, mas quatro anos depois finalmente conquistaria o título na sua terceira tentativa.
Confira a seguir a lista com os campeões (divididos por nacionalidade) e os finalistas por clubes diferentes:


campeões por clubes diferentes


Brasil

Raul Cruzeiro 1976 e Flamengo 1981
Tita Flamengo 1981 e Grêmio 1983
Dinho São Paulo 1993 e Grêmio 1995
Elivélton São Paulo 1992 e 1993 e Cruzeiro 1997
Palhinha São Paulo 1992 e 1993 e Cruzeiro 1997
Ronaldo Luis São Paulo 1992 e 1993 e Vasco 1998
Vítor São Paulo 1993, Cruzeiro 1997 e Vasco 1998
Válber São Paulo 1993 e Vasco 1998
Paulo Nunes Grêmio 1995 e Palmeiras 1999
Júnior Palmeiras 1999 e São Paulo 2005
Luisão Vasco 1998 e São Paulo 2005
Fabiano Eller Vasco 1998 e Internacional em 2006 e 2010
Fábio Santos São Paulo 2005 e Corinthians 2012
Danilo São Paulo 2005 e Corinthians 2012
Alex Internacional 2006 e Corinthians 2012
Josué São Paulo 2005 e Atlético Mineiro 2013
Diego Tardelli São Paulo 2005 e Atlético Mineiro 2013
Alecsandro Internacional 2010 e Atlético Mineiro 2013


Argentina

Miguel Angel Mori Independiente-ARG 1964 e 1965 e Racing-ARG 1967
Francisco Sá Independiente-ARG em 1972, 1973, 1974 e 1975 e Boca Jrs-ARG em 1977 e 1978
Basualdo Vélez Sarsfield-ARG em 1994 e Boca Jrs-ARG em 2000
Rolando Schiavi Boca Jrs-ARG 2003 e Estudiantes-ARG 2009
Mauro Boselli Boca Jrs-ARG 2007 e Estudiantes-ARG 2009
Abbondanzieri Boca Jrs-ARG 2000, 2001 e 2003 e Internacional 2010
Maidana Boca Jrs-ARG 2007 e River Plate-ARG 2015
Bertolo Boca Jrs-ARG 2007 e River Plate-ARG 2015


Uruguai

Luis Cubilla Peñarol-URU 1960, 1961 e Nacional-URU 1971
Julio Castillo Nacional-URU 1971 e Independiente-ARG 1973
Hugo de León Nacional-URU 1980 e 1988 e Grêmio 1983
Nelson Gutierrez Peñarol-URU 1982 e River Plate-ARG 1986
Mario Saralegui Peñarol-URU 1982 e River Plate-ARG 1986
Ernesto Vargas Peñarol-URU 1982 e Nacional-URU 1988
Sergio Orteman Olímpia-PAR 2002 e Boca Jrs-ARG 2007


Paraguai

Arce Grêmio 1995 e Palmeiras 1999
Rivarola Grêmio 1995 e Palmeiras 1999


Colômbia
Oscar Córdoba Nacional-COL 1989 e Boca Jrs-ARG 2000 e 2001




Finalistas por clubes diferentes (jogaram a partida decisiva)

Juan Lezcano-PAR Olímpia-PAR 1960 e Peñarol-URU 1962 e 1966
Roberto Matosas-URU Peñarol-URU 1961 e 1962 e River Plate-ARG 1966
Erminio Onega-ARG River Plate-ARG 1966 e Peñarol-URU 1970
Luis Cubilla-URU Peñarol-URU 1960 e 1961, River Plate-ARG 1966 e Nacional-URU 1969 e 1971
Pedro Rocha-URU Peñarol-URU 1962, 1965, 1966 e São Paulo 1974
Pablo Forlán-URU Peñarol-URU 1965, 1966 e São Paulo 1974
Raul-BRA Cruzeiro 1976 e 1977 Flamengo 1981
Hugo de León-URU Nacional-URU 1980 e 1988 e Grêmio 1983 e 1984
Tita-BRA Flamengo 1981 e Grêmio 1983 e 1984
Nelson Gutierrez-URU Peñarol-URU 1982 e River Plate-ARG 1986
Ernesto Vargas-URU Peñarol-URU 1982 e Nacional-URU 1988
Roque Alfaro-ARG River Plate-ARG 1986 e Newell’s Old Boys-ARG 1988
Mario Saralegui-URU Peñarol-URU 1982 e Barcelona-EQU 1990
Dinho-BRA São Paulo 1993 e Grêmio 1995
Elivélton-BRA São Paulo 1992 e 1993 e Cruzeiro 1997
Palhinha-BRA São Paulo 1992 e 1993 e Cruzeiro 1997
Antony de Ávila-COL América-COL 1985, 1986 e 1996 e Barcelona-EQU 1998
Vítor-BRA São Paulo 1993, Cruzeiro 1997 e Vasco 1998
Arce-PAR Grêmio 1995 e Palmeiras 1999
Paulo Nunes-BRA Grêmio 1995 e Palmeiras 1999
Euller-BRA São Paulo 1994 e Palmeiras 1999 e 2000
Marcelo Ramos-BRA Cruzeiro 1997 e Palmeiras 2000
Basualdo-ARG Vélez Sarsfield-ARG 1994 e Boca Jrs-ARG 2000
Mauricio Serna-COL Nacional-COL 1995 e Boca Jrs-ARG 2001
Oscar Córdoba-COL América-COL 1996 e Boca Jrs-ARG 2000 e 2001
Bermúdez-COL América-COL 1996 e Boca Jrs-ARG 2000 e 2001
Luisão-BRA Vasco 1998 e São Paulo 2005
Sergio Orteman-URU Olímpia-PAR 2002 e Boca Jrs-ARG 2007
Amoroso-BRA São Paulo 2005 e Grêmio 2007
Jose Cevallos-EQU Barcelona-EQU 1998 e LDU-EQU 2008
Rolando Schiavi-ARG Boca Jrs-ARG 2003, 2004 e 2012, Grêmio 2007 e Estudiantes-ARG 2009
Durval-BRA Atlético PR 2005 e Santos 2011
Arouca-BRA Fluminense 2008 e Santos 2011
Fábio Santo-BRAs São Paulo 2005 e Corinthians 2012
Danilo-BRA São Paulo 2005 e Corinthians 2012
Alex-BRA Internacional 2006 e Corinthians 2012
Sebastián Sosa-URU Peñarol-URU 2011 e Boca Jrs-ARG 2012
Josué-BRA São Paulo 2005 e Atlético Mineiro 2013
Diego Tardelli-BRA São Paulo 2005 e Atlético Mineiro 2013
Rafael Sóbis-BRA Internacional 2006 e 2010 e Tigres-MEX 2015
Joffre Guerrón-EQU LDU-EQU 2008 e Tigres-MEX 2015






Nenhum comentário:

Postar um comentário