Páginas

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Libertadores: Resultados de 12 a 14 de Abril




Mais classificados e eliminados foram conhecidos após a penúltima semana da fase de grupos da Copa Libertadores 2016.Garantiram vaga para as oitavas de final Rosário Central e Boca Jrs da Argentina, Independiente del Valle do Equador e os brasileiros Atlético Mineiro, Grêmio e Corinthians. Seis times deram adeus a competição, os ex-campeões Palmeiras, Peñarol, Colo Colo, LDU e San Lorenzo, além do Deportivo Cali, duas vezes finalista.
Restam ainda cinco vagas que serão disputadas por nove times: River Plate, São Paulo e The Strongest no Grupo 1; Racing e Bolívar no Grupo 3; Huracán e Sporting Cristal no 4 e por fim Santa Fé e Cerro Porteño se enfrentam valendo pela segunda vaga do Grupo 8.


12/04 terça-feira
Trujillanos-VEN 2x1 The Strongest-BOL
Huracán-ARG 0x0 Peñarol-URU
Sporting Cristal-PER 0x1 Nacional-COL
Toluca-MEX 2x1 San Lorenzo-ARG

13/04 quarta-feira
São Paulo 2x1 River Plate-ARG
Racing-ARG 0x1 Boca Jrs-ARG
LDU-EQU 2x3 Grêmio
Olímpia-PAR 4x0 Deportivo Táchira-VEN
Emelec-EQU 2x3 Pumas-MEX
Cobresal-CHI 2x0 Cerro Porteño-PAR

14/04 quinta-feira
Nacional-URU 0x2 Rosário Central-ARG
Palmeiras 4x0 River Plate-URU
Deportivo Cali-COL 1x1 Bolívar-BOL
Atlético Mineiro 4x0 Melgar-PER
Colo Colo-CHI 0x0 Independiente del Valle-EQU


próximos jogos

19/04 terça-feira
Peñarol-URU x Sporoting Cristal-PER
Nacional-COL x Huracán-ARG
San Lorenzo-ARG x LDU-EQU
Grêmio x Toluca-MEX

20/04 quarta-feira
Boca Jrs-ARG x Deportivo Cali-COL
Bolívar-BOL x Racing-ARG
Corinthians x Cobresal-CHI
Cerro Porteño-PAR x Santa Fé-COL

21/04 quinta-feira
River Plate-ARG x Trujillanos-VEN
The Strongest-BOL x São Paulo


classificação

Veja a seguir a classificação de cada grupo sendo que em vermelho são os times já garantidos nas oitavas e em azul os que ainda brigam para avançar:

Grupo 1 River Plate e São Paulo 8, The Strongest 7 e Trujillanos 4
Grupo 2 Rosário Central 11, Nacional 9, Palmeiras 8 e River Plate 3
Grupo 3 Boca Jrs 9, Racing 8, Bolívar 5 e Deportivo Cali 3
Grupo 4 Nacional 15, Huracán 7, Sporting Cristal 4 e Peñarol 2
Grupo 5 Atlético 13, Independiente del Valle 11, Colo Colo 9 e Melgar 0
Grupo 6 Toluca 13, Grêmio 8, San Lorenzo e LDU 3
Grupo 7 Pumas 15, Deportivo Táchira 9, Olímpia 7 e Emelec 4
Grupo 8 Corinthians 10, Santa Fé 8, Cerro Porteño 7 e Cobresal 3


  • Foi a primeira vitória do Trujillanos em Libertadores e o The Strongest continua sem vencer atuando na Venezuela (3 jogos – 1 empate e 2 derrotas).
  • Em três jogos que fez contra o Peñarol em Buenos Aires o Huracán continua sem saber o que é vencer: são dois empates e uma derrota enquanto que os uruguaios chegaram ao 38° empate em 167 partidas como visitante.
  • Já classificado, o Nacional agora soma cinco vitórias nos últimos seis jogos fora da Colômbia e continua sem saber o que é perder atuando no Peru pela Libertadores.
  • Enquanto o Toluca venceu mais um ex-campeão da Libertadores em sua curta história na competição (Boca, Grêmio, LDU e San Lorenzo), o “time do Papa” assim como no ano passado não consegue passar da primeira fase.
  • Com a vitória o São Paulo agora tem onze vitórias em doze confrontos contra argentinos no Brasil e o River viu sua invencibilidade de nove jogos ir por água abaixo (cinco jogos em 2015 e quatro nessa edição).
  • E o Racing continua sem saber o que é vencer o Boca em Libertadores, que por sinal chega a sua vitória de número 48, tendo mais vitórias que derrotas atuando fora de casa.
  • Foi a décima derrota em 68 jogos da LDU em Quito, e dessas quatro foram pra clubes brasileiros: Cruzeiro em 1976, Corinthians em 2000, Sport Recife em 2009 e agora para o Grêmio, que vence como visitante depois de quatro jogos.
  • Apesar da eliminação precoce o Olímpia segue sem perder para venezuelanos em casa e o Táchira continua sem saber o que é vencer fora de seu país.
  • Depois de vencer os outros três confrontos o Emelec perde a primeira para times mexicanos ao ser derrotado pelo Pumas, que apenas venceu a segunda partida como visitante pela competição.
  • Pela primeira vez o Cobresal vence uma partida em seu estádio pela Libertadores, já que havia empatado os três jogos em 1986 e perdido os outros dois que fez nessa edição e o Cerro Porteño chega a marca negativa de catorze jogos seguidos sem vencer como visitante (seis empates e oito derrotas).
  • Somente nessa edição é que o Rosário Central estreou no Uruguai e chega a duas vitórias, já que também havia vencido o River Plate.
  • Mesmo vencendo o Palmeiras disse adeus a competição ainda na primeira fase, o que não ocorria há 36 anos, desde a edição de 1979.
  • Foi o primeiro empate em Libertadores entre Deportivo Cali e Bolívar. Até então os bolivianos haviam vencido três confrontos e os colombianos dois.
  • Essa foi a sétima derrota consecutiva do Melgar atuando fora de casa somando todas as suas participações em Libertadores. Já o Atlético alcançou a 21ª vitória em 34 jogos como mandante.
  • Enquanto o Independiente del Valle se classifica pela primeira vez as oitavas de final o Colo Colo cai pela sexta vez seguida ainda na fase de grupos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário