Páginas

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Os participantes da Copa Sul-Americana 2017

Semana passada postamos os times participantes da Copa Libertadores do ano que vem e hoje postaremos os da Copa Sul-Americana. A edição 2017 terá ao todo 54 participantes, sendo que 44 provenientes dos dez países filiados a Conmebol mais dez times que virão da Copa Libertadores.
Todos os países continuarão com o mesmo número de vagas até a edição desse ano com exceção do Brasil que perdeu duas vagas, passando a ter o mesmo da Argentina (seis cada) e os outros oito países com quatro. O detentor do título deixa de disputar a competição, o que vinha ocorrendo desde a criação do torneio.
Na fase inicial as 44 equipes serão sorteadas e divididas em 22 chaves eliminatórias em confrontos de ida e volta com os vencedores classificando para a próxima fase. Na fase seguinte esses 22 times se juntam aos dez vindo da Copa Libertadores, sendo os dois melhores colocados entre os eliminados da terceira fase eliminatória e os oito times que terminarem na terceira colocação em seus respectivos grupos, totalizando 32 times. A partir daí, eliminatórias em ida e volta até sobrarem os dois que decidirão o título.
Oito clubes farão a estreia esse ano: Defensa y Justicia-ARG, Club Petrolero-BOL, Patriotas-COL, Fuerza Amarilla-EQU, Comerciantes Unidos-PER, Boston River-URU, Atlético Venezuela-VEN e Estudiantes de Caracas-VEN, este último um fato bem curioso, pois foi rebaixado para a segunda divisão venezuelana mas que garantiu vaga graças a copa nacional de seu país.
Segue abaixo os 44 participantes da edição 2017 da Copa Sul-Americana e como cada um se classificou:


Argentina
Independiente (6° colocado do Primera División 2016)
Arsenal (7° colocado do Primera División 2016)
Defensa y Justicia (8° colocado do Primera División 2016)
Huracán (9° colocado do Primera División 2016)
Gimnasia y Esgrima (10° colocado do Primera División 2016)
Racing (11° colocado do Primera División 2016)


Bolívia
Bolívar (5° melhor na soma dos torneios Apertura 2015 e Clausura 2016)
Oriente Petrolero (6° melhor na soma dos torneios Apertura 2015 e Clausura 2016)
Nacional Potosí (7° melhor na soma dos torneios Apertura 2015 e Clausura 2016)
Club Petrolero (8° melhor na soma dos torneios Apertura 2015 e Clausura 2016)


Brasil
Corinthians (7° colocado da Série A 2016)
Ponte Preta (8° colocado da Série A 2016)
São Paulo (10° colocado da Série A 2016)
Cruzeiro (12° colocado da Série A 2016)
Fluminense (13° colocado da Série A 2016)
Sport Recife (14° colocado da Série A 2016)

* As vagas brasileiras ficariam com os times que terminasse entre o 7° e 12° lugares da Série A. Mas como o Grêmio (9° colocado) e Chapecoense (11°) se classificaram para a Copa Libertadores ao vencerem respectivamente a Copa do Brasil e a Copa Sul-Americana, abriu-se mais duas vagas, que foram destinadas ao 13° e 14° colocados.


Chile
O'Higgins (perdedor do Duelo de Subcampeones 2016)
Palestino (6° colocado do Torneo Apertura 2016)
Universidad de Chile (7° colocado do Torneo Apertura 2016)
Everton (vice-campeão da Copa Chile 2016)

* O Duelo de Subcampeones reuniria os vice-campeões dos torneios Clausura 2015-2016 e Apertura 2016-2017, no caso Colo Colo e Deportes Iquique. O vencedor iria para a Copa Libertadores e o perdedor para a Sul-Americana. Como a Universidad Catolica venceu os dois torneios, o vice do Apertura avançou a Libertadores, no caso o Deportes Iquique; e o Colo Colo também se garantiu ao vencer a Copa Chile. Com isso, o Duelo de Subcampeones foi disputado pelos times que terminaram na terceira posição dos dois torneios, com o Unión Española (3° do Apertura) indo pra Libertadores e o O'Higgins (3° do Clausura) ficando com a vaga para a Sul-Americana. As outras duas vagas ficaram com os melhores colocados do Apertura que não haviam se garantido nem na Libertadores e Sul-Americana, pois o Clausura  já havia indicado as equipes para a Sul-Americana deste ano.


Colômbia
Tolima (melhor colocado da Copa Colômbia não classificado para a Libertadores 2017)
Deportivo Cali (3° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Finalización 2016)
Patriotas (4° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Finalización 2016)
Rionegro Águilas (5° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Finalización 2016)

* Como Nacional e Junior, finalistas da Copa Colômbia já haviam se garantido na Copa Libertadores, a vaga desse torneio ficou com o terceiro colocado, no caso o Tolima.


Equador
LDU (5° colocado da Série A 2016)
Deportivo Cuenca (6° colocado da Série A 2016)
Universidad Catolica (7° colocado da Série A 2016)
Fuerza Amarilla (8° colocado da Série A 2016)


Paraguai
Cerro Porteño (5° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)
Sol de América (6° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)
Nacional (7° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)
Sportivo Luqueño (8° melhor colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)


Peru
Alianza Lima (5° colocado do Campeonato Descentralizado 2016)
Comerciantes Unidos (6° colocado do Campeonato Descentralizado 2016)
Sport Huancayo (7° colocado do Campeonato Descentralizado 2016)
Juan Aurich (8° colocado do Campeonato Descentralizado 2016)


Uruguai
Danúbio (3° colocado do Torneo de Transición 2016)
Defensor (4° colocado do Torneo de Transición 2016)
Liverpool (5° colocado do Torneo de Transición 2016)
Boston River (6° colocado do Torneo de Transición 2016)

* O Torneo de Transición 2016 dava ao campeão o direito de disputar a Copa Libertadores do ano que vem e os times que terminarem entre a segunda e quinta posições a Copa Sul-Americana. Como o campeão Nacional já tinha assegurado a sua participação na Libertadores por ter sido vice do Campeonato Uruguai 2015-2016, o vice do Transición Montevideu Wanderers herdou sua vaga. Com isso, no lugar do Wanderers na Copa Sul-Americana 2017 ficou com o Boston River, sexto colocado.


Venezuela
Estudiantes de Caracas (vice-campeão da Copa Venezuela 2016)
Atlético Venezuela (semifinalista do Torneo Clausura 2016)
Caracas (4° colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)
Deportivo Anzoátegui (5° colocado na soma dos torneios Apertura e Clausura 2016)

* A Copa Venezuela dá ao campeão o direito de disputar a Copa Sul-Americana. Como o Zuliá, que venceu a competição já havia se garantido na Libertadores, o vice Estudiantes herdou a vaga.



Nenhum comentário:

Postar um comentário