Páginas

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Final da Copa Libertadores Feminina 2017

Ontem foram definidos os finalistas da nona edição da Copa Libertadores Feminina: Colo Colo-CHI e Corinthians Audax farão a decisão amanhã em Asunción no estádio Arsenio Erico, de propriedade do Nacional paraguaio. Essa será a quarta final em sete participações do time chileno (um título e dois vices) enquanto que as brasileiras chegam à decisão logo no ano de estreia na competição.
Ambos os times bateram nas semifinais respectivamente River Plate-ARG e Cerro Porteño-PAR; as chilenas por 2 a 0 enquanto que as brasileiras por 3 a 0. Perdedoras das semifinais, argentinas e paraguaias disputarão o terceiro lugar na preliminar da finalíssima.


semifinais

19/10 quinta-feira
River Plate-ARG 0x2 Colo Colo-CHI
Corinthians Audax-BRA 3x0 Cerro Porteño-PAR


disputa terceiro lugar

21/10 sábado
River Plate-ARG x Cerro Porteño-PAR


final

21/10 sábado
Colo Colo-CHI x Corinthians Audax-BRA


todos os finalistas da Copa Libertadores Feminina

Ao classificar-se para a sua quarta decisão, o Colo Colo deixou pra trás o time brasileiro do São José e agora é o clube sul-americano com mais finais de Libertadores. Além dos dois, apenas o Santos esteve na decisão por mais de uma vez. O Corinthians Audax é o 12° time a disputar uma final e o quinto brasileiro:

4 finais
Colo Colo-CHI (2011, 2012, 2015 e 2017)

3 finais
São José-BRA (2011, 2013 e 2014)

2 finais
Santos-BRA (2009 e 2010)

1 final
Universidad Autónoma de Asunción-PAR (2009)
Everton-CHI (2010)
Foz Cataratas-BRA (2012)
Formas Íntimas-COL (2013)
Caracas-VEN (2014)
Ferroviária-BRA (2015)
Sportivo Limpeño-PAR (2016)
Estudiantes de Guaricó-VEN (2016)
Corinthians Audax-BRA (2017)


todas as finais da Copa Libertadores Feminina

Ausente na edição passada, o futebol brasileiro esteve em todas as outras decisões de Copa Libertadores Feminina conquistando seis títulos e ficando com o vice apenas uma vez. Entre os outros países o Chile esteve representado em quatro finais; Paraguai e Venezuela duas e Colômbia apenas uma vez. Brasileiras e chilenas decidirão pela quinta vez a Libertadores com vantagem para clubes do Brasil (3 a 1). 

2009 Santos-BRA 9x0 Universidad Autónoma-PAR
2010 Santos-BRA 1x0 Everton-CHI
2011 São José-BRA 1x0 Colo Colo-CHI
2012 Colo Colo-CHI 0x0 Foz Cataratas-BRA (4x2 pênaltis)
2013 São José-BRA 3x1 Formas Intimas-COL
2014 São José-BRA 5x1 Caracas-VEN
2015 Ferroviária-BRA 3x1 Colo Colo-CHI
2016 Sportivo Limpeño-PAR 2x1 Estudiantes de Guaricó-VEN 






quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Mundial Sub-17: Brasil nas quartas; Colômbia e Paraguai fora



Dos quatro representantes sul-americanos que começaram o Mundial Sub-17 da Índia, apenas o Brasil irá terminar entre os oito melhores pois foi a única seleção a se classificar para as quartas de final do torneio. O Chile já havia sido eliminado na fase de grupos e agora nas oitavas de final foi a vez de Colômbia e Paraguai darem adeus ao mundial.
Ambos foram goleados por respectivamente Alemanha e Estados Unidos, sendo que os colombianos por 4 a 0 e os paraguaios por um gol de diferença a mais. Já o Brasil derrotou Honduras por 3 a 0 ontem e agora pega os alemães nas quartas de final. Também avançaram para a próxima fase Irã, Espanha, Inglaterra, Mali e Gana.


oitavas de final

16/10 segunda-feira 
Colômbia 0x4 Alemanha
Paraguai 0x5 Estados Unidos

17/10 terça-feira
Irã 2x1 México
França 1x2 Espanha
Inglaterra 0x0 Japão (5x3 nos pênaltis)

18/10 quarta-feira
Gana 2x0 Níger
Brasil 3x0 Honduras


quartas de final

21/10 sábado
Mali x Gana
Estados Unidos x Inglaterra

22/10 domingo
Espanha x Irã
Brasil x Alemanha



quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Semifinais da Copa Libertadores Feminina 2017


Definidas ontem as semifinais da Copa Libertadores Feminina após a última rodada da fase de grupos: River Plate-ARG, Colo Colo-CHI, Cerro Porteño-PAR e Corinthians Audax-BRA são as quatro equipes que brigarão pelo título.
No Grupo A a vaga ficou com as argentinas do River Plate, que venceu o Estudiantes de Guaricó-VEN em confronto direto pela vaga, resultado que fez com que as venezuelanas fossem ultrapassadas pelo Unión Española-EQU e a lanterna ficando com o Deportivo Capiatá-PAR. No Grupo B Colo Colo e Cerro Porteño terminaram líderes com sete pontos, sendo o saldo de gols favorável as chilenas. Universitario-PER com três pontos e Cólon-URU com zero acabaram eliminados.
Já no Grupo C as meninas brasileiras do Corinthians Audax terminaram com 100% de aproveitamento (nove pontos), cinco a mais que os segundos colocados Santa Fé-COL e Sportivo Limpeño-PAR, este atual campeão da Libertadores. As bolivianas do Deportivo ITA não pontuaram em nenhum dos três jogos. Dentre os segundos colocados a vaga ficou com o Cerro Porteño, que somou sete pontos no Grupo B contra cinco do Unión Española-EQU e quatro do Santa Fé-COL.
Das quatro semifinalistas apenas as chilenas do Colo Colo já conquistaram o título e estiveram  nessa fase outras três edições; o Cerro chega entre os quatro pela segunda vez e as outras são estreantes nessa fase.
Confira a seguir os resultados da última rodada da fase de grupos, a classificação final, os confrontos das semifinais e todos os clubes semifinalistas da Copa Libertadores Feminina:


jogos da última rodada

15/10 domingo 
Estudiantes de Guaricó-VEN 0x1 River Plate-ARG
Unión Española-EQU 3x1 Deportivo Capiatá-PAR

16/10 segunda-feira
Cólon-URU 2x5 Colo Colo-CHI
Universitario-PER 0x3 Cerro Porteño-PAR

17/10 terça-feira
Corinthians Audax-BRA 2x1 Santa Fé-COL
Sportivo Limpeño-PAR 6x1 Deportivo ITA-BOL


classificação (em azul os classificados)

Grupo A River Plate-ARG 7, Unión Española-EQU 5, Estudiantes de Guaricó-VEN 4 e Deportivo Capiatá-EQU 0
Grupo B Colo Colo-CHI e Cerro Porteño-PAR 7, Universitario-PER 3 e Cólon-URU 0
Grupo C Corinthians Audax 9, Santa Fé-COL e Sportivo Limpeño-PAR 4, Deportivo ITA-BOL 0


semifinais

19/10 quinta-feira
River Plate-ARG x Colo Colo-CHI
Corinthians Audax-BRA x Cerro Porteño-PAR


todos os semifinalistas da Copa Libertadores Feminina

Contando com os estreantes River Plate e Corinthians Audax já são vinte os clubes que estiveram em semifinais da Copa Libertadores Feminina desde a criação da competição em 2009. Ao terminar entre os quatro primeiros nesse ano, o Colo Colo igualou-se ao São José-BRA como os recordistas do torneio com cinco presenças cada. Em se tratando de país o Brasil é o único até agora que colocou pelo menos um representante em todas as nove edições, seguido do Chile com sete. Por outro lado os peruanos jamais fizeram um clube semifinalista.


5 semifinais
São José-BRA (2011, 2012, 2013, 2014 e 2015)
Colo Colo-CHI (2011, 2012, 2013, 2015 e 2017)

3 semifinais
Santos-BRA (2009, 2010 e 2011)
Formas Intimas-COL (2009, 2013 e 2014)

2 semifinais
Everton-CHI (2009 e 2010)
Caracas-VEN (2011 e 2014)
Foz Cataratas-BRA (2012 e 2016)
Cerro Porteño-PAR (2014 e 2017)

1 semifinal
Universidad Autónoma de Assunción-PAR (2009)
Boca Jrs-ARG (2010)
Deportivo Quito-EQU (2010)
Vitória das Tabocas-BRA (2012)
Mundo Futuro-BOL (2013)
Ferroviária-BRA (2015)
UAI Urquiza-ARG (2015)
Sportivo Limpeño-PAR (2016)
Estudiantes de Guaricó-VEN (2016)
Cólon-URU (2016)
River Plate-ARG (2017)
Corinthians Audax-BRA (2017)



quantas vezes cada país chegou as semifinais

9 Brasil (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017)
7 Chile (2009, 2010, 20122, 2012, 2013, 2015 e 2017)
4 Paraguai (2009, 2014, 2016 e 2017)
3 Colômbia (2009, 2013 e 2014)
 Venezuela (2011, 2014 e 2016)
 Argentina (2010, 2015 e 2017)
1 Equador (2010)
 Bolívia (2013)
 Uruguai (2016)




domingo, 15 de outubro de 2017

Resultados da Copa Libertadores Feminina 2017

Agora de manhã tivemos o encerramento da segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores Feminina 2017, que teve alguns jogos adiados devido a paralisação de 72 horas após confirmado um problema de intoxicação alimentar envolvendo cinco dos doze times. Resolvido o incidente, postamos pra você uma parcial das duas primeiras rodadas completas.
No Grupo A River Plate-ARG e Estudiantes de Guaricó-VEN lideram com quatro pontos após ambos vencerem o Deportivo Capiatá-PAR e empatarem com o Unión Española-EQU, este com dois pontos. As paraguaias, com duas derrotas estão na lanterna. No Grupo B Colo Col-CHI e Cerro Porteño-PAR também dividem a liderança com quatro pontos depois de vencerem respectivamente na primeira rodada Universitario-PER e Cólon-URU e empatarem entre si na rodada seguinte. No confronto das derrotadas, as peruanas do Universitário venceram o Cólon, chegando aos três pontos e eliminando as uruguaias do torneio, que na edição passada haviam terminado em quarto lugar.
Já no Grupo C as brasileiras do Corinthians Audax colocaram uma mão na vaga depois de duas vitórias seguidas sobre as atuais campeãs do Sportivo Limpeño-PAR e do Deportivo ITA-BOL. Em segundo com quatro pontos vem o Santa Fé-COL após vitória sobre as bolivianas e empate diante das paraguaias. Com poucas chances de conquistar o bi, o Sportivo Limpeño aparece com apenas um ponto enquanto que o Deportivo ITA já está eliminado após duas derrotas por goleada. Lembrando que apenas as campeãs de cada grupo mais a segunda melhor colocada avançam para as semifinais.
A última rodada da fase de grupos será jogada entre a noite de hoje e terça-feira e o blog traz os resultados, as classificadas e os confrontos das semifinais na quarta:


jogos da primeira rodada

07/10 sábado
River Plate-ARG 1x1 Unión Española-EQU
Deportivo Capiatá-PAR 0x2 Estudiantes de Guaricó-VEN

08/10 domingo
Colo Colo-CHI 5x1 Universitário-PER
Cerro Porteño-PAR 2x1 Cólon-URU

12/10 quinta-feira
Santa Fé-COL 9x2 Deportivo ITA-BOL
Corinthians Audax-BRA 2x0 Sportivo Limpeño-PAR


segunda rodada

12/10 quinta-feira
Estudiantes de Guaricó-VEN 1x1 Unión Española-CHI
Deportivo Capiatá-PAR 1x2 River Plate-ARG

13/10 sexta-feira
Cerro Porteño-PAR 2x2 Cólon-URU

14/10 sábado
Corinthians Audax-BRA 6x1 Deportivo ITA-BOL
Sportivo Limpeño-PAR 1x1 Santa Fé-COL

15/10 domingo (hoje)
Cólon-URU 0x1 Universitario-PER


classificação (em azul na zona de classificação)

Grupo A Estudiantes de Guaricó-VEN e River Plate-ARG 4, Unión Española-EQU e Deportivo Capiatá-EQU 0
Grupo B Colo Colo-CHI e Cerro Porteño-PAR 4, Universitario-PER 3 e Cólon-URU 0
Grupo C Corinthians Audax 6, Santa Fé-COL 4, Sportivo Limpeño-PAR 1 e Deportivo ITA-BOL 0


próxima rodada

15/10 domingo (hoje)
Estudiantes de Guaricó-VEN x River Plate-ARG
Unión Española-EQU x Deportivo Capiatá-PAR

16/10 segunda-feira
Cólon-URU x Colo Colo-CHI
Universitario-PER x Cerro Porteño-PAR

17/10 terça-feira
Corinthians Audax-BRA x Santa Fé-COL
Sportivo Limpeño-PAR x Deportivo ITA-BOL






Mundial Sub-17: Brasil, Colômbia e Paraguai nas oitavas; Chile eliminado

Terminou ontem a primeira fase do Mundial Sub-17 que está sendo disputado na Índia. Das quatro seleções sul-americanas, apenas o Chile não obteve a classificação para as oitavas de final. Brasil e Paraguai avançaram como líderes de seus grupos com 100% de aproveitamento enquanto que a Colômbia terminou em segundo na sua chave. Os chilenos terminaram na lanterna com apenas um ponto ganho e nenhum gol marcado.
Nas oitavas de final colombianos e paraguaios jogarão no mesmo dia (amanhã): o primeiro enfrentará a Alemanha enquanto que o segundo os Estados Unidos. Já o Brasil jogará na quarta-feira contra Honduras. Pelo chaveamento da competição as três seleções sul-americanas ficaram do mesmo lado, o que significa que nas semifinais poderemos ter dois representantes da Conmebol. Caso avancem, teremos um Brasil x Colômbia nas quartas e o vencedor poderá encontrar o Paraguai nas semifinais.
Confira abaixo a classificação de cada grupo, os resultados das seleções sul-americanas e os confrontos das oitavas de final:



jogos dos sul-americanos da primeira fase

06/10 sexta-feira
Colômbia 0x1 Gana
Paraguai 3x2 Mali

07/10 sábado
Brasil 2x1 Espanha

08/10 domingo
Chile 0x4 Inglaterra

09/10 segunda-feira
Colômbia 2x1 Índia
Paraguai 4x2 Nova Zelândia

10/10 terça-feira
Brasil 2x0 Coreia do Norte

11/10 quarta-feira
Chile 0x3 Iraque

12/10 quinta-feira
Colômbia 3x1 Estados Unidos
Paraguai 3x1 Turquia

13/10 sexta-feira
Brasil 2x0 Níger

14/10 sábado
Chile 0x0 México


classificação (em azul os classificados)

Grupo A Gana, Colômbia e Estados Unidos 6, Índia 0
Grupo B Paraguai 9, Mali 6, Nova Zelândia e Turquia 1
Grupo C Irã 9, Alemanha 6, Guiné e Costa Rica 1
Grupo D Brasil 9, Espanha 6, Níger 3 e Coreia do Norte 0
Grupo E França 9, Japão 4, Honduras 3 e Nova Caledônia 1
Grupo F Inglaterra 9, Iraque 4, México 2 e Chile 1


confrontos das oitavas de final

16/10 segunda-feira (amanhã)
Colômbia x Alemanha
Paraguai x Estados Unidos

17/10 terça-feira
Irã x México
França x Espanha
Inglaterra x Japão

18/10 quarta-feira
Gana x Níger
Brasil x Honduras


Só lembrando que em caso de eliminação das seleções sul-americanas o blog encerra a sua cobertura do Mundial Sub-17 após os jogos das oitavas de final.




sábado, 14 de outubro de 2017

Todos os 45 clubes que já participaram da Copa Libertadores Feminina

A Copa Libertadores Feminina foi criada no ano de 2009 e desde então reúne os campeões nacionais dos dez países filiados à Conmebol mais o detentor do título e um representante do país-sede. As seis primeiras edições foram realizadas no Brasil e em cinco delas terminaram com times brasileiros campeões.
Contando com os cinco estreantes desse ano, já são quarenta e cinco os times que um dia participaram de ao menos uma das edições da Copa Libertadores Feminina. O recorde de presenças pertence a dois times: o colombiano Formas Intimas, que esteve presente em todas as edições até 2015 e o chileno Colo Colo, que desde 2011 marca presença no torneio. 
O Brasil é o país com maior número de representantes diferentes (oito) já contando com o estreante Corinthians / Audax enquanto que Chile e Venezuela foram representados por apenas dois clubes cada.
Confira a seguir a lista completa dos times que disputaram a Copa Libertadores Feminina:


7 participações
Formas Intimas-COL (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015)
Colo Colo-CHI (2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017)

5 participações
Caracas-VEN (2009, 2010, 2011, 2012 e 2014)
Boca Jrs-ARG (2010, 2011, 2012, 2013 e 2014)
São José-BRA (2011, 2012, 2013, 2014 e 2015)

4 participações
Universidad Autônoma-PAR (2009, 2010, 2011 e 2012)
Nacional-URU (2011, 2012, 2013 e 2016)
Cerro Porteño-PAR (2013, 2014, 2015 e 2017)
Estudiantes de Guárico-VEN (2013, 2015, 2016 e 2017)
Cólon-URU (2014, 2015, 2016 e 2017)

3 participações
Santos-BRA (2009, 2010 e 2011)
Everton-CHI (2009, 2010 e 2013)
Sport Girls-PER (2011, 2012 e 2013)
Foz Cataratas-BRA (2012, 2013 e 2016)
Universitário-PER (2015, 2016 e 2017)

2 participações
Deportivo Quito-EQU (2009 e 2010)
LDU Quito-EQU (2011 e 2012)
Vitória das Tabocas-BRA (2012 e 2014)
Mundo Futuro-BOL (2013 e 2014)
Rocafuerte-EQU (2013 e 2014)
UAI Urquiza-ARG (2015 e 2016)
San Martín de Porres-BOL (2015 e 2016)
Ferroviária-BRA (2015 e 2016)
Unión Española-EQU (2016 e 2017)
Sportivo Limpeño-PAR (2016 e 2017)

1 participação
San Lorenzo-ARG (2009)
EnForma Santa Cruz-BOL (2009)
White Star-PER (2009)
Rampla Jrs-URU (2009)
Deportivo Florida-BOL (2010)
Iquitos-PER (2010)
River Plate-URU (2010)
Gerimex-BOL (2011)
Duque de Caxias-BRA (2011)
Universidad Santa Cruz-BOL (2012)
Centro Olímpico-BRA (2014)
Real Maracanã-PER (2014)
Real Passión-COL (2015)
Espuce-EQU (2015)
Generaciones Palmiranas-COL (2016)
River Plate-ARG (2017)
Deportivo ITA-BOL (2017)
Corinthians Audax-BRA (2017)
Santa Fe-COL (2017)
Deportivo Capiatá-PAR (2017)


participantes por país

Argentina – 4 clubes
5 Boca Jrs (2010, 2011, 2012, 2013 e 2014)
2 UAI Urquiza (2015 e 2016)
1 San Lorenzo (2009)
  River Plate (2017)

Bolívia – 7 clubes
2 Mundo Futuro (2013 e 2014)
  San Martín de Porres (2015 e 2016)
1 EnForma Santa Cruz (2009)
  Deportivo Florida (2010)
  Gerimex (2011)
  Universidad Santa Cruz (2012)
  Deportivo ITA (2017)

Brasil – 8 clubes
5 São José (2011, 2012, 2013, 2014 e 2015)
3 Santos (2009, 2010 e 2011)
  Foz Cataratas (2012, 2013 e 2016)
2 Vitória das Tabocas (2012 e 2014)
  Ferroviária (2015 e 2016)
1 Duque de Caxias (2011)
  Centro Olímpico (2014)
  Corinthians Audax (2017)

Chile – 2 clubes
7 Colo Colo (2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017)
Everton (2009, 2010 e 2013)

Colômbia – 4 clubes
7 Formas Intimas (2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014 e 2015)
1 Real Passión (2015)
  Generaciones Palmiranas (2016)
  Santa Fé (2017)

Equador – 5 clubes
2 Deportivo Quito (2009 e 2010)
  LDU Quito (2011 e 2012)
  Rocafuerte (2013 e 2014)
  Unión Española (2016 e 2017)
1 Espuce (2015)

Paraguai – 4 clubes
4 Universidad Autônoma (2009, 2010, 2011 e 2012)
  Cerro Porteño (2013, 2014, 2015 e 2017)
2 Sportivo Limpeño (2016 e 2017)
1 Deportivo Capiatá (2017)

Peru – 5 clubes
3 Sport Girls (2011, 2012 e 2013)
  Universitário (2015, 2016 e 2017)
1 White Star (2009)
  Iquitos (2010)
  Real Maracanã (2014)

Uruguai – 4 clubes
4 Nacional (2011, 2012, 2013 e 2016)
  Cólon (2014, 2015, 2016 e 2017)
1 Rampla Jrs (2009)
  River Plate (2010)

Venezuela – 2 clubes
5 Caracas (2009, 2010, 2011, 2012 e 2014)
4 Estudiantes de Guárico (2013, 2015, 2016 e 2017)



quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Super Raio-X das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2018

Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia são as seleções que representarão a América do Sul na Copa do Mundo da Rússia a ser disputada no ano que vem. Quinto colocado, o Peru enfrenta na repescagem intercontinental a Nova Zelândia por mais uma vaga para o Mundial.
Já classificado bem antecipadamente, a seleção brasileira apenas assistiu de camarote a briga pelas vagas restantes: seu adversário na última rodada o Chile precisava de apenas uma vitória, e com os 3 a 0 contra acabou eliminado. Os uruguaios só iriam para a repescagem se houvesse uma tragédia, mas com a vitória por 4 a 2 sobre a Bolívia terminaram em segundo. A Argentina, que de eliminada no início da rodada acabou em terceiro ao vencer o Equador (3x1) com três gols de Messi, deixando pra trás Colômbia e Peru que empataram em 1 a 1, resultado que pôs os colombianos na Copa e peruanos na repescagem. Isso graças a façanha do Paraguai, que mesmo em casa acabou derrotada pela seleção venezuelana; se tivesse vencido era ela que enfrentaria a Nova Zelândia no mês que vem.
Confira abaixo os resultados da última rodada, a classificação final e dados, números e estatísticas das eliminatórias:


10/10 terça-feira
Brasil 3x0 Chile
Equador 1x3 Argentina
Peru 1x1 Colômbia
Uruguai 4x2 Bolívia
Paraguai 0x1 Venezuela

classificados Brasil, Uruguai, Argentina e Colômbia
repescagem Peru
eliminados Chile, Paraguai, Equador, Bolívia e Venezuela

SELEÇÃO
J
V
E
D
GP
GC
SG
PG
Brasil
18
12
5
1
41
11
30
41
Uruguai
18
9
4
5
32
20
12
31
Argentina
18
7
7
4
19
16
3
28
Colômbia
18
7
6
5
21
19
2
27
Peru
18
7
5
6
27
26
1
26
Chile
18
8
2
8
26
27
-1
26
Paraguai
18
7
3
8
19
25
-6
24
Equador
18
6
2
10
26
29
-3
20
Bolívia
18
4
2
12
16
38
-22
14
Venezuela
18
2
6
10
19
35
-16
12


Classificação primeiro turno

19 Uruguai
18 Brasil
16 Equador
   Colômbia
   Argentina
13 Chile
12 Paraguai
11 Peru
 3 Bolívia
 2 Venezuela


Classificação segundo turno

23 Brasil
15 Peru
13 Chile
12 Uruguai
   Argentina
   Paraguai
11 Colômbia
   Bolívia
 9 Venezuela
 4 Equador


Pontos ganhos em casa

25 Brasil (8V, 1E) - 93%
22 Uruguai (7V, 1E, 1D) - 81%
19 Chile (6V, 1E, 2D) - 70%
15 Argentina (4V, 3E, 2D) - 56%
   Colômbia (4V, 3E, 2D ) - 56%
   Peru (4V, 3E, 2D) - 56%
14 Bolívia (4V, 2E, 3D) - 52%
13 Equador (4V, 1E, 4D) - 48%
11 Paraguai (3V, 2E, 4D) - 41%
7 Venezuela (1V, 4E, 4D) - 26%


Pontos ganhos fora de casa

16 Brasil (4V, 4E, 1D) - 59%
13 Argentina (3V, 4E, 2D) – 48%
   Paraguai (4V, 1E, 4D) - 48%
12 Colômbia (3V, 3E, 3D) - 44%
11 Peru (3V, 2E, 4D) - 40%
9 Uruguai (2V, 3E, 4D) - 33%
7 Chile (2V, 1E, 6D) - 26%
  Equador (2V, 1E, 6D) - 26%
5 Venezuela (1V, 2E, 6D) - 19%
0 Bolívia (9D) - 0%

Mais rodadas na zona de classificação (entre parênteses somando zona repescagem)

18 Uruguai (18)
14 Brasil (16)
11 Colômbia (13)
   Equador (12)
9 Chile (12)
5 Argentina (11)
3 Paraguai (5)
1 Peru (3)
0 Bolívia (0)
  Venezuela (0)

90 jogos (18 rodadas – 5 por rodada)
45 vitórias dos mandantes (50%)
24 vitórias dos visitantes (27%)
21 empates (23%)
246 gols (2,73 gol por jogo)
147 gols marcados por mandantes
99 gols marcados por visitantes

Maior público
58000 pessoas – Uruguai 3x0 Chile (4ª rodada)

Menor público
13215 pessoas – Bolívia 1x0 Paraguai (12ª rodada)

Placar que mais se repetiu
2x1 e 3x0 (11 vezes cada)

Mais vitórias seguidas
9 Brasil

Mais jogos seguidos sem perder
17 Brasil

Mais jogos seguidos sem vencer
10 Venezuela

Mais derrotas seguidas
6 Equador e Bolívia

Mais jogos marcando gol
16 Brasil

Mais jogos sem marcar gol
9 Bolívia

Mais jogos seguidos marcando gol
15 Brasil (entre a 2ª e 16ª rodada)

Mais jogos seguidos sem marcar gol
4 Bolívia (entre a 6ª e 9ª rodada)

Artilheiro
Cavani-URU, 10 gols

Assistência
Neymar-BRA, 8 assistências

Hat-trick (três ou mais gols numa única partida)

3 Josef Martínez – VEN (Venezuela 5x0 Bolívia) 11ª rodada
 Paulinho –BRA (Uruguai 1x4 Brasil) 13ª rodada
 Messi – ARG (Equador 1x3 Argentina) 18ª rodada

Mais gols-contra
Gustavo Goméz-PAR (2 vezes – Bolívia e Uruguai)

Mais gols de pênalti
3 Juan Arce-BOL

Mais minutos jogados
1620 (todos) David Ospina-COL e Sergio Romero-ARG

Mais jogos
18 (todos) David Ospina-COL, Sergio Romero-ARG, Isla-CHI e Di Maria-ARG

Mais jogos vindo da reserva
9 Raul Ruidíaz-PER

Mais amarelos
50 Venezuela

Mais vermelhos
2 Chile e Venezuela

Mais tomou amarelo
6 Arquimedes Figuera-VEN, Rodrigo Rojas-PAR, Funes Mori-ARG, Neymar-BRA, Otamendi-ARG e Vidal-CHI

Mais vermelhos
8 jogadores foram expulsos, todos uma vez

Mais apitou
6 Roddy Zambrano-EQU, Wilmar Roldán-COL, Wilton Sampaio-BRA, Néstor Pitana-ARG, Sandro Ricci-BRA, Enrique Cáceres-PAR e Julio Bascuñán-CHI

Mais deu cartão amarelo
34 Enrique Cáceres-PAR

Mais deu cartão vermelho
2 Néstor Pitana-ARG, Wilmar Roldán-COL e Wilton Sampaio-BRA