Páginas

quinta-feira, 2 de março de 2017

Grupo 5 da Copa Libertadores 2017

Uma viagem ao passado

A primeira partida da história da Libertadores foi em 1960 e terminou com goleada do Peñarol-URU sobre o Jorge Wilstermann-BOL por 7 a 1. No ano seguinte o time uruguaio faturaria o bicampeonato em cima do Palmeiras. Em 1966 novo encontro entre uruguaios e bolivianos e dois anos depois o Palmeiras daria o troco no Peñarol ao vencer os dois jogos daquela semifinal. O time brasileiro voltaria a vencer as duas partidas diante dos uruguaios em 1973 e no ano seguinte enfrentaria os bolivianos do Wilstermann. Portanto, seis confrontos entre os três nas primeiras quinze edições de Libertadores.
O Palmeiras é o maior favorito a uma das vagas enquanto que o Peñarol deve brigar com o estreante Atlético Tucumán-ARG. Já os bolivianos do Jorge Wilstermann devem ser meros figurantes no Grupo 5.



Club Atletico Peñarol-URU

43 participações – 5 títulos
345 jogos – 154 vitórias, 77 empates e 114 derrotas
520 gols a favor e 416 contra (saldo de 104 gols)
539 pontos – 2° no ranking (2° entre os uruguaios)

Campeão 1960, 1961, 1966, 1982 e 1987
Vice-campeão 1962, 1965, 1970, 1983 e 2011
Semifinais 1963, 1967, 1968, 1969, 1972, 1974, 1976, 1979, 1981 e 1985
Quartas 1988, 1997, 1998 e 2002
Oitavas 1989, 1995, 1996 e 2000
1ª fase 1971, 1973, 1975, 1977, 1978, 1986, 2001, 2003, 2004, 2012, 2013, 2014 e 2016
Fase Pré 2005 e 2009

Freguês times venezuelanos (17 vitórias e 7 empates em 24 jogos)
Algoz Santos (duas derrotas em finais – 1962 e 2011)
Mais enfrentou Nacional-URU (38J – 13V, 15E, 10D)
Fora do Uruguai River Plate-ARG (15J - 5V, 4E, 6D)

Maior vitória 11x2 Valencia-VEN (1970 - 1ª fase)
Maior derrota 1x6 Real Potosí-BOL (2002 - 1ª fase)

Você sabia?
Todos os cinco títulos do Peñarol em Libertadores foram conquistados fora de casa: Defensores del Chaco em Assunção-PAR (1960); Pacaembu em São Paulo (1961) e Estádio Nacional de Santiago-CHI em três ocasiões (1966, 1982 e 1987).




Sociedade Esportiva Palmeiras

16 participações – 1 título
153 jogos – 78 vitórias, 30 empates e 45 derrotas
271 gols a favor e 177 contra (saldo de 94 gols)
256 pontos – 15° do ranking (4° entre os brasileiros)

Campeão 1999
Vice-campeão 1961, 1968 e 2000
Semifinais 1971 e 2001
Quartas 1995 e 2009
Oitavas 1994, 2005, 2006 e 2013
1ª fase 1973, 1974, 1979 e 2016

Freguês times venezuelanos (12 vitórias em 12 jogos)
Algoz São Paulo (três eliminações em mata-matas – 1994, 2005 e 2006)
Mais enfrentou São Paulo (8J – 2E, 6D), Peñarol-URU (8J – 5V, 2E, 1D), Nacional-URU (8J - 1V, 3E, 4D) e Cerro Porteño-PAR (8J – 3V, 4E, 1D)

Maior vitória 7x0 El Nacional-EQU (1995 - 1ª fase)
Maior derrota 0x5 Grêmio (1995 - quartas)

Você sabia?
O Palmeiras tornou-se o primeiro time brasileiro a vencer em todos os países participantes da Libertadores como visitante. O feito foi alcançado em 2006 quando venceu o Nacional na Colômbia por 2 a 1 em partida válida pela fase de grupos.



Club Jorge Wilstermann-BOL

16 participações
99 jogos – 27 vitórias, 19 empates e 53 derrotas
108 gols a favor e 198 contra (saldo de -88)
100 pontos – 49° no ranking (4° entre os bolivianos)

Semifinais 1981
Oitavas 1999
1ª fase 1960, 1961, 1966, 1968, 1973, 1974, 1975, 1979, 1982, 1986, 1995, 2001, 2004 e 2011

Freguês Universitario-PER (1 derrota em 4 jogos)
Algoz times brasileiros (12 derrotas em 14 jogos)
Mais enfrentou The Strongest-BOL (7J – 2V, 2E, 3D)
Fora da Bolívia Emelec-EQU (6J – 2V, 1E, 3D) 

Maior vitória 4x0 Universitario-PER (1986 – 1ª fase)
Maior derrota 0x7 Sporting Cristal-PER (1995 – 1ª fase)

Você sabia?

Prestes a completar cem jogos em Libertadores, o Jorge Wilstermann esteve na primeira partida da história da competição. Apesar da honraria, a partida em si não traz boas recordações para o time boliviano: derrota por 7 a 1 para o Peñarol-URU – adversário da estréia desse ano -  no dia 19 de abril de 1960.



Club Atlético Tucumán-ARG

*Estreante

Você sabia?
Apesar dos seus 114 anos de existência, o Atlético Tucumán jamais disputou um torneio internacional, sendo a Copa Libertadores desse ano a sua primeira experiência.

* Não foi computado as quatro partidas do time argentino nas fases preliminares.



Confronto entre as equipes do Grupo 5 em Libertadores

1960 Peñarol x Jorge Wilstermann (7x1 e 1x1) 1ª fase
1961 Peñarol x Palmeiras (1x0 e 1x1) final
1966 Peñarol x Jorge Wilstermann (0x1 e 2x0) 1ª fase
1968 Palmeiras x Peñarol (1x0 e 2x1) semifinais
1973 Palmeiras x Peñarol (2x0 e 2x0) 1ª fase
1974 Palmeiras x Jorge Wilstermann (0x1 e 2x0) 1ª fase
2000 Palmeiras x Peñarol (0x2, 3x1 e 3x2 pênaltis) oitavas



Nenhum comentário:

Postar um comentário