Páginas

domingo, 21 de maio de 2017

Especial Campeonato Brasileiro 2017 (Série A)


Começou semana passada mais uma edição do Campeonato Brasileiro Série A e assim como fizemos com os outros campeonatos nacionais também trazemos pra você um resumo histórico da principal competição de clubes do Brasil:


participantes da edição 2017 (divididos por estados e cidades)

São Paulo 
Corinthians, Palmeiras e São Paulo (São Paulo)
Ponte Preta (Campinas)
Santos (Santos)

Rio de Janeiro
Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco (Rio de Janeiro)

Minas Gerais
Atlético Mineiro e Cruzeiro (Belo Horizonte)

Paraná 
Atlético Paranaense e Coritiba (Curitiba)

Bahia
Bahia e Vitória (Salvador)

Santa Catarina
Avaí (Florianópolis)
Chapecoense (Chapecó)

Rio Grande do Sul
Grêmio (Porto Alegre)

Pernambuco
Sport Recife (Recife)

Goiás
Atlético Goianiense (Goiânia)


atual campeão
Palmeiras

subiram da Série B 2016 para a Série A 2017
Atlético Goianiense, Avaí, Bahia e Vasco

caíram da Série A 2016 para a Série B 2017
América (MG), Figueirense, Internacional e Santa Cruz



histórico dos campeonatos nacionais

Taça Brasil (1959 a 1968)

A Taça Brasil foi criada para definir o representante brasileiro na recém-criada Copa Libertadores da América. Quase nos mesmos moldes da atual Copa do Brasil, participavam os campeões estaduais e era disputada no sistema mata-mata até a final. O Bahia foi o primeiro campeão em 1959 e o Santos o time que mais vezes venceu a competição (cinco, todas consecutivas).

Os campeões

5 Santos (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965)
2 Palmeiras (1960 e 1967)
1 Bahia (1959)
  Cruzeiro (1966)
  Botafogo (1968)


Taça Roberto Gomes Pedrosa (1967 a 1970)

Conhecido popularmente como Robertão, a competição nada mais era que o antigo Torneio Rio-São Paulo ampliado com clubes de outros estados. Muitos a consideram como o embrião do atual Campeonato Brasileiro, pois ao contrário da Taça Brasil era disputado em sistema de grupos com um quadrangular final e não em mata-mata. Teve apenas quatro edições e o Palmeiras foi o único a vencê-la por mais de uma vez.

Os campeões

Palmeiras (1967 e 1969)
1 Santos (1968)
  Fluminense (1970)  


Campeonato Brasileiro (desde 1971)

Antes da unificação dos títulos nacionais em 2010 creditava-se a primeira edição do Campeonato Brasileiro apenas em 1971, dando ao vencedor Atlético Mineiro o status de primeiro campeão nacional, apesar de a mesma ser a continuação do antigo Robertão.
A competição teve vários nomes ao longo dos anos: Campeonato Nacional de Clubes (1971 a 1974), Copa Brasil (1975 a 1980, 1984 e 1986), Taça de Ouro (1981 a 1983 e 1985), Copa União (1987 e 1988),  Campeonato Brasileiro (1989 a 1999), Copa João Havelange (2000) e por fim desde 2001 a nomenclatura atual de Série A. 
Em todos esses anos houve várias fórmulas (algumas esdrúxulas), formatos de competição, número de participantes e critérios de disputa. Podemos dizer também que o Brasileirão é dividido em duas eras: a das finais que foi até 2002 e a atual era dos pontos corridos. São Paulo, Flamengo e Corinthians são os maiores vencedores com seis títulos cada. Cruzeiro e Flamengo são os dois únicos times a participarem de todas as edições desde 1971, já contando com a atual edição do Brasileirão e além dos dois, São Paulo e Santos formam o quarteto de times que nunca foram rebaixados para a segunda divisão.

Os campeões

6 São Paulo (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)
   Flamengo (1980, 1982, 1983, 1987, 1992 e 2009)
   Corinthians (1990, 1998, 1999, 2005, 2011 e 2015)
5 Palmeiras (1972, 1973, 1993, 1994 e 2016)
4 Vasco (1974, 1989, 1997 e 2000)
Internacional (1975, 1976 e 1979)
   Cruzeiro (2003, 2013 e 2014)
   Fluminense (1984, 2010 e 2012)
Grêmio (1981 e 1996)
   Santos (2002 e 2004)
1 Atlético Mineiro (1971)
   Guarani (1978)
   Coritiba (1985)
   Sport Recife (1987)
   Bahia (1988)
   Botafogo (1995)
   Atlético Paranaense (2001)


Todos os campeões brasileiros (1959 a 2016)

Um total de dezessete clubes já faturaram o Campeonato Brasileiro. Apenas Palmeiras e Santos venceram as três competições nacionais. Bahia, Cruzeiro e Botafogo ganharam a Taça Brasil e o Brasileirão enquanto que o Fluminense conquistou o Robertão e o Brasileirão. Já o restante venceu apenas de 1971 pra cá:

9 títulos 
Palmeiras (1960, 1967, 1967, 1969, 1972, 1973, 1993, 1994 e 2016)

8 títulos 
Santos (1961, 1962, 1963, 1964, 1965, 1968, 2002 e 2004)

6 títulos 
São Paulo (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008)
Flamengo (1980, 1982, 1983, 1987, 1992 e 2009)
Corinthians (1990, 1998, 1999, 2005, 2011 e 2015)

4 títulos
Vasco (1974, 1989, 1997 e 2000)
Fluminense (1970, 1984, 2010 e 2012)
Cruzeiro (1966, 2003, 2013 e 2014)

3 títulos 
Internacional (1975, 1976 e 1979)

2 títulos 
Bahia (1959 e 1988)
Botafogo (1968 e 1995)
Grêmio (1981 e 1996)

1 título 
Atlético Mineiro (1971)
Guarani (1978)
Coritiba (1985)
Sport Recife (1987)
Atlético Paranaense (2001)


maiores participações do Campeonato Brasileiro (1959 - 2017)

Somando-se as edições da Taça Brasil (dez), da Taça Roberto Gomes Pedrosa (quatro) e Campeonato Brasileiro (47) temos um total de 61 edições do Brasileirão (já contando a atual edição). Desde 1959 nada mais nada menos que 157 clubes de 22 Estados participaram ao menos de uma edição. O recordista de participações é o Grêmio (58), ausente em apenas três edições (Taça Brasil de 1962 e Campeonatos Brasileiros de 1992 e 2005). Santos e Cruzeiro aparecem com uma participação a menos e Palmeiras e Atlético Mineiro com 54 participações.

TB Taça Brasil (1959 - 1968)
RG Roberto Gomes Pedrosa  (1967 - 1970)
CB Campeonato Brasileiro (1971 - 2017)

58 participações
Grêmio (9 TB, 4 RG, 45 CB)

57 participações
Santos (7 TB, 4 RG, 46 CB)
Cruzeiro (6 TB, 4 RG, 47 CB)

54 participações
Atlético Mineiro (4 TB, 4 RG, 46 CB)
Palmeiras (6 TB, 4 RG, 44 CB)

53 participações
Botafogo (4 TB, 4 RG, 45 CB)

52 participações
Flamengo (1 TB, 4 RG, 47 CB)

51 participações
Fluminense (2 TB, 4 RG, 45 CB)

50 participações
Internacional (1 TB, 4 RG, 46 CB)
São Paulo (4 RG, 46 CB)
Vasco (2 TB, 4 RG, 44 CB)

49 participações
Corinthians (4 RG, 45 CB)

45 participações
Bahia (6 TB, 3 RG, 36 CB)

41 participações
Atlético Paranaense (1 TB, 2 RG, 38 CB)




Nenhum comentário:

Postar um comentário