Páginas

domingo, 9 de julho de 2017

Os "vovôs" da Copa Libertadores ao longo da história

Zé Roberto, Verón-ARG, Mondragón-COL e Ceni: quatro dos dez mais velhos.
Um dia depois de entrar em campo na derrota do seu Palmeiras para o Barcelona no Equador, o lateral Zé Roberto completou 43 anos de idade. O brasileiro atingiu duas marcas pra lá de interessantes nessa edição de Copa Libertadores, a quinta em que ele participa: de ser o segundo jogador mais velho a entrar em campo (o primeiro em atividade) e também o mais velho a marcar um gol pela competição.
Os dois recordes foram alcançados ainda na fase de grupos, o primeiro na partida diante do Penãrol-URU no dia 26 de abril em Montevidéu - vitória palmeirense por 3 a 2 em partida tumultuada - quando ultrapassou por um dia o ex-goleiro colombiano Mondragón, tornando-se o segundo mais velho a entrar em campo. E quase um mês depois fez o terceiro e último gol na vitória sobre o Atlético Tucumán-ARG por 3 a 1, tornando-se assim o jogador mais velho a anotar um gol pela Libertadores, ultrapassando o ex-zagueiro uruguaio Oscar Aguirregaray, que curiosamente jogou pelo Verdão no início dos anos 90. Aguirregaray havia marcado na derrota do seu Peñarol para o Vasco por 3 a 1 em 2001 com 41 anos e seis meses, e desde então ostentava a marca.
A edição desse ano se notabilizou por outros "vovôs", como o argentino Verón e o uruguaio Richard Pellejero. O primeiro, presidente do Estudiantes, retornou aos gramados para disputar a competição pelo clube e com isso entrou na lista dos dez mais velhos no jogo diante do Barcelona-EQU em abril, ocupando a sexta colocação. Já Pellejero ultrapassou Rogério Ceni e tornou-se o segundo mais velho a marcar um dos gols na derrota do seu Cerro-URU para o Unión Española por 3 a 2 ainda em janeiro na fase preliminar, sendo ultrapassado quatro meses depois pelo palmeirense.
Caso jogue a próxima Libertadores, Zé Roberto poderá unificar os dois recordes, mas pra isso precisará estar em campo pelo menos daqui a dez meses, mais precisamente após o dia 06 de maio. Sendo assim deixará pra trás o ex-atacante peruano Vicente Villanueva, dono do recorde há 49 anos.
Pensando nesse assunto interessante o blog lista para você os dez jogadores mais velhos a disputar uma partida de Libertadores e os cinco mais velhos a anotar um gol:


mais velhos a entrar me campo 

Vicente Villanueva-PER (Sporting Cristal-PER)
43 anos e 10 meses
10/04/1968 Peñarol-URU 1x1 Sporting Cristal-PER

Zé Roberto-BRA (Palmeiras)
42 anos, 11 meses e 29 dias
05/07/2017 Barcelona-EQU 1x0 Palmeiras

Faryd Mondragón-COL (Deportivo Cali-COL)
42 anos, 9 meses e 19 dias
09/04/2014 Cerro Porteño-PAR 3x2 Deportivo Cali-COL

Rogério Ceni-BRA (São Paulo)
42 anos, 3 meses e 22 dias
15/05/2015 Cruzeiro 1x0 São Paulo

Éver Hugo Almeida-URU/PAR (Olímpia-PAR)
42 anos, 3 meses e 9 dias
10/10/1990 Barcelona-EQU 1x1 Olímpia-PAR

Juan Sebástian Verón-ARG (Estudiantes-ARG)
42 anos, 2 mês e 16 dias
25/05/2017 Estudiantes-ARG 1x0 Botafogo

Hugo Gatti-ARG (Boca Jrs-ARG)
41 anos, 11 meses e 19 dias
07/08/1986 Boca Jrs-ARG 3x2 Montevideu Wanderers-URU

Oscar Aguirregaray-URU (Peñarol-URU)
41 anos, 7 meses e 7 dias
02/05/2001 Peñarol-URU 1x3 Vasco

Raul Ramón Navarro-ARG (Tolima-COL)
41 anos, 2 meses e 5 dias
27/03/1983 Tolima-COL 1x1 Universitario-PER

Francisco Ruiz-ARG (San José-BOL)
41 anos, 2 meses e 5 dias
11/04/1992 Criciúma 5x0 San José-BOL


mais velhos a marcar um gol

Zé Roberto-BRA (Palmeiras)
42 anos, 10 meses e 18 dias
27/05/2017 Palmeiras 3x1 Atlético Tuucumán-ARG

Oscar Aguirregaray-URU (Peñarol-URU)
41 anos, 7 meses e 7 dias
02/05/2001 Peñarol-URU 1x3 Vasco

Richard Pellejero-URU (Cerro-URU)
40 anos, 8 meses e 1 dia
31/01/2017 Cerro-URU 2x3 Unión Española-CHI

Jaime Ramírez-CHI (Unión San Felipe-CHI)
40 anos, 5 meses e 28 dias
11/03/1972 Unión San Felipe-CHI 1x3 Universitário-PER

Rogério Ceni-BRA (São Paulo)
40 anos, 2 meses e 26 dias
17/04/2013 São Paulo 2x0 Atlético Mineiro







Nenhum comentário:

Postar um comentário